90 Anos de Chico Anysio - A REALIDADE DE UM MITO ( Parte 34 )

27/04/2021

As Passagens mais Marcantes pela Revista já foram Postadas por este Blog no Espaço BAÚ DE MEMÓRIAS >> https://www.memorial-chico-anysio.com.br/l/bau-de-memorias-chico-anysio-na-revista-amiga-tv-tudo/.

Em 1991, Três Edições Seguidas da Revista Recapitulou a Vida e Carreira de Chico Anysio no Especial A VIDA ÍNTIMA DE CHICO ANYSIO ( Edições 1.115, 1.116 e 1.117 ). No Especial, produzido pela Jornalista Luciana Barcelos, Chico Anysio relembrou o início de Carreira, os Primórdios na Televisão, o Fenômeno do CHICO ANÍSIO SHOW, os trabalhos na GLOBO, os desentendimentos com a Emissora, os Personagens e o Processo de Criações. Também relembrou seus Casamentos e falou da Autobiografia SOU FRANCISCO, prestes a ser Lançada. Chico explicou que seu 14º Livro tinha por objetivo ajudar profissionais em início de carreira e alunos de Faculdade de Comunicação.

Chico declarou que, se pudesse dividir sua Vida em CAPÍTULOS, a Fase em que começou a trabalhar em Televisão seria o QUARTO, uma Fase de muita responsabilidade, já que começava a Cuidar de sua IMAGEM e não apenas da VOZ. Sua INFÂNCIA seria o PRIMEIRO, a chegada ao Rio de Janeiro o SEGUNDO, os primeiros Anos de RÁDIO seria o TERCEIRO e a partir daí a entrada na Televisão. A época de SHOWS já estaria no SEXTO e daí em diante á chegada á GLOBO e o Amadurecimento Profissional. " Agora ( Anos 90 ) Eu estou começando a Vida. Já estou numa SÉTIMA FASE, que é muito Boa, não poderia estar Melhor ", contou na Reportagem. Na época Chico Anysio já era Intérprete de 188 Personagens, e dizia que PROFESSOR RAIMUNDO era o seu Predileto, alegando : " Ele me Botou no Rádio e também me Botou na Televisão. "

Chico revelou Segredos e Curiosidades, como por exemplo, a Mania de não se deixar Fotografar antes de estar totalmente Caracterizado. Também era de conhecimento de vários a dificuldade em estar VESTIDO dos PERSONAGENS e falar com a sua própria Voz ( ou VICE-VERSA, fazer a Voz dos Personagens sem estar VESTIDO Deles ).

O Assunto PERSONAGENS já foi explorado por Diversas Publicações ao longo dos Anos. INSPIRAÇÃO era o Tema mais recorrente dentro do Assunto em Questão. Em 1977, declarou a extinta Revista ROMÂNTICA : " Todos são Casos Sociais.. (.. ) ..Ás vezes você pode até fazer um Personagem se Inspirar num Tipo e não fazer o Personagem Fisicamente com Ele, e vice-versa. O MEINHA, por exemplo, me inspirei um pouco no MARINHO ( Jogador ) : o Cara Ingênuo, Puro, bom de Bola, que veio de Baixo e acabou fazendo Sucesso no Exterior. Mas o MEINHA fisicamente não tem nada do MARINHO. "

Falando em INSPIRAÇÃO, de um modo Geral, Chico Anysio tinha suas próprias Opiniões a  respeito. O Mestre tinha uma Frase ( dentre as suas Muitas Famosas ), que dizia : " Não Acredito em Inspiração, mas em Transpiração. " Ou seja, segundo Ele, não adianta esperar as IDEIAS Surgirem na Cabeça. Tem que se Esforçar e Criar.

Em sua Autobiografia de 1992, Chico fala sobre isso : " O Autor, o Escritor, vive outro tipo de delírio. Pelo fato de ser CRIADOR, ele precisa ter alguma vivência. Ninguém pode escrever Bem sobre uma coisa que não conhece. Por esta razão, Eu frequentei Todos os Ambientes possíveis. Fui a Gafieiras, Dancings, festas do Society, Puteiros, Bares, Botequins, Bilhares, Palácios, Campos de Futebol, Corridas de Cães, Casas de Massagem, o diabo. Na maior parte das vezes, fui apenas como observador, como aluno. Eu não queria uma Mulher, na casa de Massagens, mas precisava saber como funciona, para escrever a coisa Certa, se fosse necessário. "

Chico também dizia, em várias entrevistas ao Longo da Carreira, que Ele era o " Retratista da Vida ", e que as Situações do Cotidiano, os Problemas e o Comportamento das Pessoas eram a MATÉRIA PRIMA do HUMOR.


Kerley Fernandes Salguero, ( fã, admiradora e idealizadora de conteúdo para projetos virtuais ) ( @memorialchicoanysio )