90 Anos de Chico Anysio - A REALIDADE DE UM MITO ( Parte 41 )

04/05/2021

Chico Anysio quase passou por outro INFARTO em Outubro de 1998. Na época, Chico tomou um SUSTO durante o período de sua Lua-de Mel ( Chico havia acabado de se ' Casar ' pela Sexta Vez, em Setembro ). Passando mal durante os Dias de Viagem, acabou internado ás Pressas !

O Sexto Casamento OFICIAL de Chico Anysio foi do Tipo RELÂMPAGO e INUSITADO. Separado de Zélia Cardoso de Mello desde Abril de 1998, e dividindo-se entre Brasil e E.U.A, apenas 4 Meses depois já estava Casado Novamente, 12 DIAS após de ter Conhecido sua Última Esposa ( segundo o próprio Chico fazia questão de Enfatizar, A MULHER DE SUA VIDA ). Porém, o " CONTO DE FADAS " que UNIU o Casal é um pouco Diferente do que Sempre foi Relatado pela MÍDIA e pelos Envolvidos ( Assunto que será DETALHADO mais pra frente nesta Retrospectiva ! ). Não foi necessariamente um Encontro de Impacto Á PRIMEIRA VISTA ( da parte Dela ) e Chico, completamente Apaixonado, uma vez Morando Junto ( e tendo sido Ele a ir BUSCÁ-LA PESSOALMENTE em sua Terra Natal para Viver junto Dele ) batalhou quase Dois Anos para convencê-la de passar a UNIÃO para o PAPEL, para que o Casamento se tornasse OFICIALIZADO ( o que só Aconteceu em 26 de Outubro de 2001 ).

No início, Chico enfrentou uma grande Resistência por parte da família da Moça. Porém, o Medo não era a Diferença de Idade ( 39 Anos !! ) ou dos Julgamentos que a Moça ( sendo de Origem Humilde ) poderia vir a Sofrer por conta disso. Era a QUANTIDADE de CASAMENTOS e de FILHOS que Chico trazia de seu HISTÓRICO FAMILIAR. Com o passar do tempo, Chico foi sendo Aceito pela Família da Moça e Ela pela Família Dele.

Eram um Casal provido de Parceria e Companheirismo ( pelo menos aos Olhos da Mídia, dos Meios de Comunicação - inúmeros Programas de TV e Internet - e também de quem teve Convivência próxima Deles ) e Chico Atingiu o tão ALMEJADO Desejo de Conseguir levar um MATRIMÔNIO ATÉ O FINAL ! Se Conheceram por causa da Falecida Cantora Dolores Duran ( a Moça,  na época Aspirante á Carreira de Cantora, estava fazendo uma Pesquisa sobre a Obra de Dolores, e precisava Conversar com Chico Anysio, que havia sido Compositor e Produtor de vários dos LP'S da Cantora ).

A Relação de Chico Anysio com o RAMO MUSICAL vem de muito Longe. O Modo como Chico ingressou nesta atividade pode ser contado de várias formas, relatadas por Ele ao longo da Vida. Em seu Antigo SITE OFICIAL, Chico Anysio alega que o clássico GENTE HUMILDE, muito tempo antes de se tornar uma Composição de Vinícius de Moraes e Chico Buarque, foi a Inspiração que o levou para o caminho da música : " Fui levado para o caminho da composição musical depois de ter ouvido GENTE HUMILDE na versão instrumental e que anos depois ganhou a letra de Vinícius de Moraes e Chico Buarque. Eu senti vontade de fazer uma canção igual, mas como não tinha aptidões para ser músico, achei melhor me dedicar à poesia. Em Gente Humilde, por exemplo, eu fiz versos alegres e não doídos, porque os subúrbios são mais contentes que tristes, mais alegres que chorosos. "

No livro MPBambas, do jornalista e crítico musical Tárik de Souza ( livro Homônimo ao programa que ele comandava pelo CANAL BRASIL ), Chico, que havia concedido entrevista especial ao programa em Julho de 2010, conta que essa influência começou observando a mãe, D. Haydée Vianna, tocando piano em casa e as irmãs, Lupe e Lilia, que estudavam canto, fazendo recitais, mas que foi na verdade o compositor Hianto de Almeida o grande responsável pela entrada dele nesse ofício. " Ele foi á Mayrink Veiga me procurar, porque eu escrevia o programa do Luiz Gonzaga. Ele achou que eu poderia me interessar por música. Ele tocava piano e minha mãe tinha um piano. Fomos para minha casa e, num domingo, nós fizemos seis músicas. Ele já tinha as melodias, eu botei as letras ! Porque eu sempre tive isso, chegavam com a música pronta para Eu botar a letra. E uma dessas foi o primeiro arranjo que o Tom Jobim fez, com uma música do Hianto e minha, CONVERSA DE SOFÁ, gravada por Gilda de Barros em 1955. (.. ) .." Mas o meu primeiro parceiro numa música foi Oscar Belandi, numa música chamada QUANDO, um samba-canção, em 1953, gravado por Osvaldo Silva.. "

Dolores Duran foi a principal Cantora a gravar Músicas Compostas por Chico. " A primeira música que Eu mesmo fiz a melodia foi A FIA DE CHICO BRITO. Depois, ZEFA CANGACEIRA, as duas de 1956.. (.. ) .." Fui padrinho de Casamento da Dolores com o Macedo Neto. Ela ficava uma Fera pelo seguinte : no Disco ela gravava do LADO A um samba do Billy Blanco, e do LADO B, um baião, e o baião é que sempre fazia sucesso ! Isso aconteceu quatro vezes. Começaram a chama-la de ' Princesinha do Baião '. Porque a Carmélia Alves era a Rainha.. Ela gravou um disco chamado ESSE NORTE É MINHA SORTE, só com músicas nordestinas. Músicas minhas, tudo ali é Meu, ou Meu com Ela ! "

Chico Anysio se destacou em várias outros Trabalhos. O RANCHO DA PRAÇA ONZE, por exemplo, foi escrita em parceria com João Roberto Kelly, especialmente para o Programa PRAÇA ONZE, na TV-RIO. Chico já havia feito com Kelly uma música especial para o programa LOVE STREET, criado por Chico na TV EXCELSIOR. A saída repentina de Chico da emissora acabou com os planos do Programa, do qual o diretor Carlos Manga transformou em TIMES SQUARE. Chico resolveu reformular o seu original LOVE STREET e transformar em PRAÇA ONZE. João Roberto Kelly, que acompanhou Chico na ida para a TV-RIO, elaborou com Ele O RANCHO DA PRAÇA ONZE, que foi gravada por Dalva de Oliveira. O Programa PRAÇA ONZE não obteve Sucesso, mas a música, além de ter se tornado um dos grandes Marcos do repertório da Cantora, se tornou a canção que fez Chico Anysio passar a ser RECONHECIDO DE FATO dentro do Ofício de COMPOSITOR.

Com uma bagagem já enorme de sucessos gravados por Orlando Silva, Wilson Simonal, Maysa, Marlene, Sylvia Telles, Dóris Monteiro, e de produzir canções em parcerias com Luiz Gonzaga, Altamiro Carrilho, João Nogueira, entre outros, Chico cria, em 1979, uma canção-desabafo ao lado de Nonato Buzar, que, até hoje, é um de seus mais NOTÓRIOS SUCESSOS. : RIO ANTIGO ( COMO NOS VELHOS TEMPOS ) - já Mencionada nesta Retrospectiva e que já ganhou Postagem Especial neste Blog no Espaço FIQUE POR DENTRO - https://www.memorial-chico-anysio.com.br/l/rio-antigo-como-nos-velhos-tempos/

Foram mais de 300 Canções escritas por Chico Anysio desde os anos 50 até seus últimos anos de vida, gravadas por diversos nomes Importantes da Música Brasileira.

Kerley Fernandes Salguero, ( fã, admiradora e idealizadora de conteúdo para projetos virtuais ) ( @memorialchicoanysio )