7 Anos sem o Mestre do Humor 

23/03/2019

" O Mundo de Seu Francisco é a extensão do tempo que lhe foi dado para Viver e Edificar. Ele não poderia, como Proust, andar em busca do tempo perdido. Nunca perdeu um minuto que pudesse dedicar ao seu Trabalho, ao seu Sonho e ao Amor ao semelhante. Não é senão Amor a Inesgotável curiosidade que produz sua inacreditável Versatilidade.. ". ( Trecho de Texto escrito por Giuseppe Ghiaroni ( 1919- 2008 ), jornalista, poeta, redator e amigo de Chico Anysio, um dos líderes da equipe de redatores de Chico em seus Programas na TV Globo, para a abertura da Autobiografia de Chico, SOU FRANCISCO, lançada em 1992 pela editora Rocco ).


Hoje completa-se 7 Anos que o Brasil perdeu o Mestre do Humor Chico Anysio. Considerado por muitos o maior ícone do Humor Nacional, Chico foi detentor de 209 personagens ( há quem garanta que são 212 ! ). Com uma trajetória gigantesca, passou pelo rádio, televisão, teatro, shows de humor, cinema, direção de shows musicais e de humor, além de se aventurar nas artes plásticas e exercer o ofício de escritor.

Chico batalhou muito para permanecer entre nós, tinha energia, uma mente fervilhante, cheia de ideias e projetos, mas os problemas de saúde o limitavam. E, infelizmente, as condições de trabalho, também. Tanto quanto a batalha pela vida, Chico lutou para continuar ativo em seu local de trabalho. Fez o que pôde para continuar exercendo sua arte. Não conseguiu, mas, Dignamente, se submetia ao que lhe era imposto, e não teve vergonha de se oferecer a outras formas de trabalho e de permanência na TV. Ele sempre soube do seu valor, da sua importância dentro da cultura nacional e dos privilégios dos quais merecia usufruir. No entanto, sempre se comportou de maneira comum, e permaneceu humilde dentro da sua profissão. Em toda sua carreira, foi a mão estendida a muita gente, dentro e fora das telas.


Chico Anysio pode não ter tido o Final de Carreira ( e de Vida ) que ele Merecia. Mas morreu ACLAMADO pelo público, e será, ETERNAMENTE, O NOSSO MESTRE DO HUMOR.
De onde Ele está, tenho Certeza que Ele pensa : " Tudo o que fiz, Valeu a Pena " .
E como Valeu, Mestre ! Esteja sempre NA PAZ !

Kerley Fernandes Salguero, ( fã, admiradora, pesquisadora e idealizadora de conteúdo para projetos virtuais )