As 10 Lições Básicas do Mestre

16/10/2019

Considerado um dos maiores Humoristas que o País já teve e, tendo sido um verdadeiro REVOLUCIONÁRIO na ARTE de FAZER RIR, Chico Anysio tinha seus Pensamentos e Pontos de Vista íntimos sobre sua Profissão e MÉTODOS PRÓPRIOS de EXERCE-LA.


Kerley Fernandes Salguero, ( fã, admiradora, pesquisadora e idealizadora de conteúdo para projetos virtuais )   

Desde os tempos de Rádio, já desenvolvia suas técnicas de trabalho e colocava em prática seus Aprendizados e Descobertas. Uma delas foi através de Haroldo Barbosa, experiente profissional de Rádio, que foi quem INVESTIU em Chico, o levando para trabalhar com ele na Mayrink Veiga ( emissora pela qual Chico já havia passado. Veja ou Reveja o Post CHICO ANYSIO E A ERA DO RÁDIO >>https://www.memorial-chico-anysio.com.br/l/chico-anysio-e-a-era-do-radio/ ) " Haroldo Barbosa me ensinou que não se começa a escrever uma Cena sem que se saiba o Desfecho, que Humor escreve-se do Fim para o Começo. A Cena acaba assim.. e, ao saber como a Cena acaba, ela começa a ser escrita. " Em sua Autobiografia de 1992, comenta sobre esse Aprendizado : " Uma das coisas que mais me aborrecem, até hoje, é receber de um autor de humor uma Cena que, muitas vezes, é engraçadíssima no seu decorrer e.. não tem um bom Final. " 

Ainda no Livro, Chico relata outro Aprendizado com Haroldo Barbosa : " Já passei para muitos Jovens redatores uma das coisas mais importantes da Tarefa de Escritor de Humor : Evite o Diálogo ' Branco '. Quando há um Comediante na Cena, tudo que ele disser, se não puder ser engraçado, tem que ser, no mínimo, ' diferente ', nunca uma frase Neutra. "

Estando EM CENA, e com as lições de Haroldo empregadas em seu trabalho, surge outra Lição de Chico : Respeito em Cena pelos outros atores. Chico era defensor do trabalho sério, das gravações levadas á sério, sem distrações, dispersões ou perda de tempo com conversas paralelas e outras bobagens. Texto decorado, posicionamentos e encenações sem erros ( ou, pelo menos, evitando ao máximo erros e Repetições ). 

Em seus Programas na Televisão e também em seus Shows e Espetáculos, Chico desenvolveu uma Lição muito importante, que fazia questão de ressaltar : " Ritmo é mais Importante do que a Graça. Todo mundo suporta um Texto tremendamente Ritmado e sem graça, mas não aguenta um negócio que se Arrasta. " Outra atitude do Mestre do qual ele, inclusive, se orgulhava : Não Apelar Nunca ! Chico, que era totalmente CONTRA a " Graça de Graça " e jamais se permitiu trabalhar no esquema da Comédia tipo PASTELÃO, era CONTRÁRIO mais ainda ao tipo de Humor Apelativo, evitando Exageros ( tanto nos Textos como na maneira de Interpretar ) e de usar Artifícios para " Chamar a Atenção do público ", como Imagens e Encenações de BAIXO NÍVEL. Essa atitude, inclusive, deu Origem a outra Lição Importante : Manter a Dignidade ! Em sua Autobiografia, ele relata : " Houve épocas em que fui o Primeiro e outras em que fui o Oitavo. Ótimo, nas duas Ocasiões ! O Importante é que, quando não houver espaço nem no quinto lugar do Pódio, mantenhamos a Dignidade fora Dele. "

Por falar em " Lugares no Pódio ", de Chico Anysio se extrai outra Lição neste Âmbito : " Dar certo para um pode significar dar certo para todos, ou quando pouco, para muitos. A Competição deve haver, mas não pode deixar de ser Branca. Mais Importante do que muitos me Preferirem é ninguém me Detestar. "

E o SUCESSO desses Profissionais ? Também foi FONTE de Lição deixada pelo Mestre Chico : " O Sucesso rápido não garante Duração, além de trazer uma grande responsabilidade. Cheguei a seguinte conclusão : não se faz um Humorista em menos de oito anos e nem se Fabrica um Comediante em menos de cinco. O que torna Humoristas e Comediantes mais Duradouros, porque não nasceram DE REPENTE ".

E o Segredo da Durabilidade ? " Perseverança e Paciência. Do Equilíbrio destas duas características nasce a Vontade de Continuar. "

E eis a Última Lição Básica do Mestre : " Artista não pode desprezar nenhuma chance. Artista não pode se dar ao luxo de abrir mão de qualquer Oportunidade. A mesma Onda que agora me leva á espuma do Cume, desce ali na frente e me faz arrastar a barriga na areia do Fundo."