Chico Anysio e a Música

15/02/2021

MÚSICA sempre fez parte da Vida de Chico Anysio. Tanto que, ele mesmo afirmava que não passava um mês sem Compor uma ou duas Canções. Dentro deste Ofício, fez Surgir mais de 300 Músicas, dentre elas Clássicos que se eternizaram na MPB como RANCHO DA PRAÇA ONZE, A FIA DE CHICO BRITO, RIO ANTIGO ( COMO NOS VELHOS TEMPOS ), o Repertório de BAIANO E OS CAETANOS e, claro, seu ETERNO PREFIXO : HINO AO MÚSICO ( Veja ou Reveja TUDO em >> https://www.memorial-chico-anysio.com.br/l/chico-anysio-o-compositor/ )

Aventuras Musicais

- A primeira IMERSÃO de Chico Anysio na Música foi através da versão instrumental de GENTE HUMILDE, muitos Anos antes de ter ganhado LETRA de Chico Buarque e Vinícius de Moraes. ( Vide no LINK já Mencionado ! )

- Em 1969 deu início ás Gravações do LP CHICO ANÍSIO INAUGURA O HUMOR DANÇANTE. Lançado pela PHILIPS, foi o Primeiro LP Efetivo de Chico Anysio ( o Primeiro LP da Carreira do Mestre em 1962, também pela PHILIPS, se referia ao Programa CHICO ANÍSIO SHOW ). Clássicos da música brasileira como TEREZA DA PRAIA e SAMBA DE UMA NOTA SÓ ganharam Versões Humorísticas através dos Personagens de Chico. Na época, o Disco não obteve Sucesso, mas, décadas depois, passou a ser muito procurado e acabou se tornando CULT entre Colecionadores e Pesquisadores.

- Em Setembro de 1971 foi um dos Convidados Especiais do ELIS ESPECIAL, na TV GLOBO. A ESTREIA do programa teve como tema HUMOR, trazendo Chico em um dos blocos. O DUETO com a Cantora Elis Regina do Clássico CANTO DE OSSANHA, de Baden Powel e Vinícius de Moraes se tornou Memorável ( os trechos desse Encontro, espalhados pela internet por várias pessoas, são sempre Sucesso em todas as plataformas em que são postados ).

- Participou do humorístico UAU, A COMPANHIA, pela TV GLOBO, em 1972, que misturava Coreografias com Esquetes de Humor.

- Inspirado em Caetano Veloso, o Personagem BAIANO criado para CHICO CITY deu origem ao grupo BAIANO E OS NOVOS CAETANOS, formado por Chico e Arnaud Rodrigues, que contavam com a participação do músico Renato Piau. Arnaud quem teve a ideia do Nome NOVOS CAETANOS, parodiando o Grupo OS NOVOS BAIANOS. Chico então fazia BAIANO ( Caetano ) e Ele, PAULINHO CÉREBRO DE PROFETA, satirizando PAULINHO BOCA DE CANTOR, um dos Integrantes do Original NOVOS BAIANOS. A Parceria rendeu 2 LP'S ( de 1974 e 1975 ), com músicas Compostas por Eles, cujas letras divertidas e de Cunho Político fizeram enorme Sucesso e se tornaram CLÁSSICOS como VÔ BATÊ PÁ TU, URUBU TÁ COM RAIVA DO BOI e FOLIA DE REIS. Esses LP'S venderam MILHÕES na época, salvando a gravadora CID de uma quase falência ( o Segundo LP foi lançado pela SOM LIVRE ), e VÔ BATÊ PÁ TU, de 1974, esteve nas Paradas tanto do Brasil como de outros países, como França, Itália e Suécia. Após o Sucesso Estrondoso e a Separação artística de Chico e Arnaud, ambos seguiram outros Rumos. Somente em 1982 Chico voltaria a gravar com Arnaud, no LP A VOLTA, e em 1985, SUDAMÉRICA. Estes LP'S, porém, não conseguiram ser tão expressivos e atingir o mesmo Sucesso dos Primeiros. ( Veja ou Reveja a Trajetória do Grupo em >> https://www.memorial-chico-anysio.com.br/l/baiano-e-os-novos-caetanos/ )

- Esteve no Especial CAIA NA GANDAIA, do extinto Grupo AS FRENÉTICAS, como Convidado, em 1978, que foi ao Ar pela TV GLOBO.

- Um dos Destaques do LP 30 ANOS DE CHICO ANÍSIO, Lançado pela ATLANTIC/WEA e que marcou as comemorações dos 30 Anos de Carreira do Mestre, foi a Versão de Chico para a Canção LA VALSE Á MILLE TEMPS, do Francês Jacques Brel, que se tornou a Inesquecível Sátira A VACA, de conteúdo Crítico/Político em pleno período Inflacionário.

- Chico Anysio como Cantor de TANGO, em 1991, em Apresentação do TENTE, INVENTE, uma produção da TV GLOBO veiculada entre a Grade de Programação durante o período de Dezembro de 1991. No Lugar da Tradicional VINHETA de Final de Ano, a GLOBO resolveu inovar através da Chamada " TENTE, INVENTE, FAÇA UM 92 DIFERENTE ", onde os Artistas mais Marcantes da Emissora, entre Atores, Atrizes, Apresentadores e Jornalistas, mostravam Façanhas INUSITADAS e DESCONHECIDAS do Público. De números Musicais, ou de Dança, até Imitações e outras Artes, o Elenco mostrou várias Facetas. Chico Anysio fez um breve Número Musical, revelando uma de suas Maiores Especialidades : O TANGO. Chico era um Exímio Conhecedor desse Gênero Musical, tendo sido nos Anos 50 Apresentador do Programa TANGOS NA MADRUGADA, pela Rádio Guanabara. " No Brasil poucos sabem tantos Tangos de Cor quanto Eu ", contou em sua Autobiografia de 1992.

- Em 1992, o Produtor Musical José Maurício Machline gravou um LP Independente ( Raríssimo ! ) onde todas as Faixas do Disco ( Regravações de MPB e outros Clássicos da Música ) traziam Convidados Especiais. Chico Anysio foi um deles, onde dividiram a Faixa CAMBALACHE ( o Famoso TANGO de Enrique Santos Discépolo ).

Principais Trabalhos no Ramo Musical

- Nos anos 50 a cantora Dolores Duran foi a que mais gravou canções feitas por Chico e, até hoje, seu Nome é associado ao dele. Gravou A FIA DE CHICO BRITO ( regravada anos mais tarde por Elis Regina ), ZEFA CANGACEIRA e outros baiões de Sucesso escritos por Chico. O LP ESSE NORTE É MINHA SORTE, de 1959, foi produzido por Chico, cujo o Repertório completo foi feito por Ele ( algumas Canções em parceria com Dolores ).

- Entre 1967 e 1968 dividiu com o Cantor Wilson Simonal a Apresentação do VAMOS S'IMBORA, que ia ao Ar pela TV RECORD e também foi Produtor do SHOW EM SI.. MONAL, na mesma Emissora, além de participar do SHOW DO DIA SETE e do ESTA NOITE SE IMPROVISA. ( Veja ou Reveja em >> https://www.memorial-chico-anysio.com.br/l/chico-anysio-na-tv-record/ ). Simonal teve Sucessos gravados Compostos por Chico como DE COMO UM GAROTO APAIXONADO PERDOOU POR CAUSA DE UM DOS MANDAMENTOS e RIO ANTIGO ( COMO NOS VELHOS TEMPOS ).

- A Canção A FAMÍLIA, gravada por Jair Rodrigues, teve participação do Grupo Golden Boys, e ganhou a VIOLA DE PRATA no Festival de Música Popular Brasileira em 1968, transmitido pela TV RECORD. A Letra de Chico Anysio e Ary Toledo retratava o Modelo Familiar Machista e Conservador da década de 60.

- Em 1969 teve CANÇÃO DE CHORAR, Composta em Parceria com Nonato Buzar, gravada por Claudette Soares em LP Promocional lançado pela PHILIPS naquele mesmo Ano, e ainda Assinou um TEXTO publicado na Contracapa do Disco em questão, onde falou sobre a Cantora e seu Repertório.

- Em 1970, Chico Anysio Empresariava diversos Artistas, como as cantoras Maria Bethânia e Elis Regina. Elis teve Destaque em um Espetáculo de autoria de Ronaldo Bôscoli e Luís Carlos Miéle, em cartaz na Famosa e extinta casa de shows CANECÃO, no Rio de Janeiro, uma temporada de Apresentações empresariada por Chico.

- Em 1971 estreia no TEATRO DA LAGOA o Show O QUE VAI VEM, do Cantor Jorge Ben Jor ( na época, Jorge Ben ). Chico Anysio foi o Idealizador e responsável pelos Textos e Produção do Espetáculo, que teve Direção de Oswaldo Loureiro. Chico voltou a trabalhar com o Cantor tempos depois, em 1974, assumindo a Direção do famoso Espetáculo PAÍS TROPICAL.

Matéria da Revista O CRUZEIRO, 1971

- Foi Apresentador do Programa SOM BRASIL, na TV GLOBO, entre 1990 e 1992.

- Em 1990, Chico Anysio ( assim como na Edição anterior ) foi o Escolhido para ser o Apresentador da 3ª Edição do PRÊMIO SHARP DE MÚSICA ( Premiação criada pelo produtor Musical José Maurício Machline, transmitida Anualmente pela TV GLOBO). Ao lado de Chico, a Atriz Lúcia Veríssimo foi Apresentadora/Anunciante dos Premiados, cujos Troféus eram entregues por Paulette ( Paulo César Bacellar da Silva ), Dançarino, Ator e Humorista, falecido em 1993, que Eternizou o Personagem LÉON, " Amiga " inseparável do Personagem HAROLDO/LUANA em CHICO ANYSIO SHOW. A PREMIAÇÃO, que naquele Ano foi em Homenagem á Cantora Maysa ( 1936 - 1977 ) já foi Postada no IGTV do Perfil @memorialchicoanysio, dividido em 6 Partes, em Setembro de 2019.

- Em 2006, foi Diretor Geral do Espetáculo 20 ANOS DE CANECÃO, do cantor Elymar Santos, que Se transformou no DVD PROCURA-SE.. 20 ANOS DE CANECÃO, gravado na famosa e extinta casa de Shows do Rio de Janeiro. Chico dirigiu Elymar em outros Shows e, como Compositor, escreveu Repertórios para trabalhos dele.

Kerley Fernandes Salguero, ( fã, admiradora e idealizadora de conteúdo para projetos virtuais ) ( @salgkeke2 ).