Chico Anysio e o Teatro

13/12/2019

Apesar dos INÚMEROS Shows e Espetáculos de Chico Anysio em diversos Clubes, Casas de Shows e Teatros, o TEATRO, propriamente Dito, poucas vezes fez parte da Carreira do Mestre, a não ser pela Funções de AUTOR, PRODUTOR ou DIRETOR ( Vejam ou Revejam em >> https://www.memorial-chico-anysio.com.br/l/chico-anysio-o-diretor/ )

No que se refere a ENCENAR Peças Teatrais, Chico se Aventurou apenas duas Vezes ( as Duas sem Sucesso ! ).

CHICO SET foi a Ideia de um Show Representado, com Direção de Daniel Filho. Acostumado com Chico no Palco ao Microfone contando Histórias e/ou Piadas, o Público não recebeu Bem o formato do Espetáculo. " Mário Monteiro fez o cenário, que era um Set de televisão. Um enorme baú aberto, com roupas, que eu trocaria, refletores, uma escada, um cenário bonito, onde havia uma poltrona, um Espelho de sala de maquiagem, tudo imitando um Set de televisão. O Daniel fez uma direção maravilhosa, mas não pôde me acompanhar na estreia na Bahia. Estreei numa quarta-feira no TEATRO CASTRO ALVES, com casa lotada. O espetáculo não rendeu o esperado." ( Vejam ou Revejam os Detalhes em >> https://www.memorial-chico-anysio.com.br/l/chico-anysio-shows-e-espetaculos/

O BELO E AS FERAS, de 1967, foi o primeiro Espetáculo Teatral Efetivo do MESTRE. Com Direção de Walter Avancini, apesar de Criativo, Bem Montado e do Perfeccionismo exigido durante as Apresentações, acabou não Bem-Sucedido ( os Detalhes de todo o Ocorrido também estão em >> https://www.memorial-chico-anysio.com.br/l/chico-anysio-shows-e-espetaculos/)

Principais Trabalhos de Chico para o Teatro 


No que se Refere a Trabalhos como AUTOR, PRODUTOR e DIRETOR, Chico se DESTACOU Várias Vezes.

Em 1970,  Chico Anysio foi, em parceria com Wilton Franco, o Produtor do Espetáculo AS LIBÉLULAS DESLUMBRADAS, protagonizado por Carlos Imperial ( produtor artístico de grande sucesso nos anos 60 e 70, responsável pelo início de carreira de grandes ícones, como Roberto e Erasmo Carlos ) e Clóvis Bornay ( famoso carnavalesco, falecido em 2005 ).

Em 1979, Chico levou para os Palcos um Assunto até então TABU na época : HOMOSSEXUALIDADE. A Peça SOU, MAS QUEM NÃO É, escrita por encomenda para Nestor Montemar, abordava HOMOSSEXUALISMO e SOLIDÃO. " Há mais de quinze anos eu já esboçara a ideia dessa comédia. Quando Nestor me procurou, minha única preocupação foi encontrar tempo para escrever o Texto.. (.. ) .. Eu tinha pensado em escrever sobre a solidão de um homossexual desde o dia em que um amigo meu, comentando o nascimento do meu filho, observou : ' Daqui a pouco você vai estar com mais filhos e netos. E Eu ? Sei que vou morrer sozinho. ' Aquilo me tocou muito, particularmente ao lembrar do desabafo do meu amigo quando ele morreu. Como toda comédia, esta tem um fundo trágico. "

A Peça se tornou uma Matéria Especial Publicada pela extinta Revista MANCHETE, que trouxe  relatos de Chico, e o AVANT-PREMIÉRE da Peça, com o Perfil de cada Personagem e Diálogos de Cada quadro/bloco da Peça, que, além de Montemar, tinha os atores Júlio Braga, Ivan Cândido e Milton Carneiro, sob direção de Paulo Afonso Grisolli. ( Vejam ou Revejam em >>https://www.memorial-chico-anysio.com.br/l/chico-anysio-reportagens-e-entrevistas-raras-anos-70-e-80/)

Em 1980, foi responsável por  FILHA DA.. , peça escrita por Ele e que tinha Alcione Mazzeo como Protagonista. Recém-separados ( foram Casados de 1975 a 1979 ), continuaram a Amizade e a Parceria Profissional. " Quero que todos saibam que esta Peça não foi escrita para mim.. (.. ).. quando Chico começou escrever FILHA DA.., ainda estávamos casados e eu fiquei conhecendo o Texto. Sua ideia inicial era dar o papel para a Elisângela, que, por compromissos Profissionais, não pôde aceitar o Convite. Como a produção me convidou, aceitei representar a Leontina, filha da atriz Yolanda Cardoso, que na Peça, é uma ex-prostituta ( daí o nome da peça ), vivendo há vinte anos com um Malandro inveterado ( representado por Lutero Luís ) ", contou Alcione em matéria da extinta Revista AMIGA, da editora Bloch. Na mesma Reportagem, Chico Declarou : " Minha Intenção ao escrever a Peça foi apenas Homenagear a Prostituta. Não Visava nenhuma mulher em Especial. " A Peça ficou em Cartaz no TEATRO VANUCCI ( RJ ).

ELENCO da Peça FILHA DA.., escrita por Chico e protagonizada por Alcione Mazzeo, com Direção de Antônio Pedro ( sentado ), em Cartaz no Teatro Vanucci, em 1980.

Em 1992, foi o Autor de SALAMÊ MINGÜE, Peça Teatral a qual dedicou á Maria Clara Machado ( famosa Autora de Peças Infantis e Fundadora do Teatro Tablado - RJ ). Duda Little ( famosa no programa OS TRAPALHÕES ), á época com 13 anos, era a Protagonista e fazia o Papel de uma menina que se envolve com meninos de rua e decide abandonar a família. Chico Anysio havia escrito a Peça 17 anos antes e somente em 1992 entrou em cartaz no TEATRO CLARA NUNES ( SP ). Com a Peça, Chico tinha o objetivo de atingir os Pais para que Prestassem Atenção e Amassem mais seus Filhos.

Em 1995, Chico foi Diretor de uma das Peças Teatrais de maior Sucesso da Comediante Fafy Siqueira, FAFY SE QUEIRA, OU NÃO QUEIRA, peça Escrita por Ele próprio, e que chegou a ter Outra Versão com o mesmo Nome. Anos mais tarde, voltou a dirigi-la no teatro com o Show de Stand-Up DÓ-RÉ-MI-FAFY. Ainda em 1995, dirigiu o filho Nizo Neto e outros atores na Peça TV SÁTIRA.


Com a Comediante Fafy Siqueira durante os Bastidores de Ensaio de FAFY SE QUEIRA, OU NÃO QUEIRA.

Ficha Técnica de Chico Anysio no Teatro

Autor : 

- HÁ UM HOMEM NA MINHA CASA - 2007 
- ESTRANHOS CASAIS - 1998 
- SALAMÊ MINGÜE - 1993 
- A FILHA DA... - 1980 
- PAPO FURADO - 1980 
- AME UM GORDO ANTES QUE ELE ACABE - 1973
- A SEMPRE VIVA - 1957

Diretor : 

- OS EXCULAXADOS - 2010
- RUA FELIZ LEMBRANÇA - 2002
- O SORRISO DO LARGATO - 2002
- FAFY SIQUEIRA OU NÃO QUEIRA 2 - 2000
- TV SÁTIRA, SUA TELEVISÃO PRIVADA - 1995
- FAFY SIQUEIRA OU NÃO QUEIRA - 1994
- É BOM E EU GOSTCHO, UMA COMÉDIA DE TOTAL CONFIANÇA - 1994

- AS AVENTURAS DO SEU BONECO -  1994 

Texto : 

- HÁ UM HOMEM NA MINHA CASA - 2007
- FAFY SIQUEIRA OU NÃO QUEIRA - 1994
- TRÊS É MELHOR - 1990
- SOU, MAS QUEM NÃO É? - 1979 

Participações em VOZ : 

- A CAMA COM TUDO EM CIMA - 1980

- HERMANOTEU NA TERRA DE GODAH - 2004

IMPORTANTE : A Ficha Técnica Publicada não Representa a TOTALIDADE dos Trabalhos de Chico no TEATRO como Autor, Diretor e/ou Produtor.

Kerley Fernandes Salguero, ( fã, admiradora, pesquisadora e idealizadora de conteúdo para projetos virtuais )