Chico Anysio - O Ator

23/08/2019

Revista CINELÂNDIA 

Esta Semana comemorou-se o DIA DO ATOR ( 19/08 ). E a Ocasião é propícia para o Blog Destacar o Melhor Ator que o País já teve : O MESTRE Chico Anysio !
Detentor de 209 Personagens em 60 Anos de Carreira, já Interpretou Todos os Tipos de Seres Humanos e seus Traços de Personalidade, além de ter trabalhado em Novelas e Filmes e feito algumas Participações em Minisséries e outros Programas de TV, onde, além do Humor, pôde mostrar sua Capacidade Dramática.

Tendo começado como Rádio-Ator em 1948 nas novelas da Rádio Guanabara, logo foi transferido para os programas de Humor da emissora pela habilidade em imitar vozes. Com sua trajetória no Rádio ( já abordada pelo Blog >> https://memorial-chico-anysio4.webnode.com/l/chico-anysio-e-a-era-do-radio/ ), passou a explorar seu lado Interpretativo quando começou a trabalhar na Televisão. Sua primeira esposa, Nancy Wanderley, foi a grande incentivadora de Chico no ramo da Interpretação ( >>https://memorial-chico-anysio4.webnode.com/l/chico-anysio-o-humorista/). Considerado um dos maiores humoristas do país ( para muitos O MAIOR ) se Consagrou com o esquema que criou para si Mesmo : AQUELE QUE FAZ VÁRIOS ! Ainda que, por causa do Humorismo, o Ofício ATOR só tenha sido considerado pela Crítica após trabalhos paralelos de Chico no Cinema, onde mostrou sua vertente dramática.

Em sua Autobiografia de 1992, explica um pouco sobre isso : " Por acaso eu sou Ator. Talvez eu não seja o Ator que imagino ( levando-se em conta o que todos imaginam ser um ator ), mas ATOR, porque dois terços da minha vida eu dediquei a esse trabalho onde um cara faz o papel de Médico ou Palhaço, de Chofer ou Milionário, de Mendigo ou Pastor de Almas, seja lá que Personagem for. E isso é o que Eu faço. A minha dúvida de ser ou não Ator é produzida pelo descrédito dos críticos do meu País, que sempre preferiram me chamar de HUMORISTA ou de COMEDIANTE, como se Eu - pobre de mim ! - não passasse de um Bernard Shaw, no primeiro caso ou, na melhor das hipóteses, de um Buster Keaton, no segundo.. " (.. ) ..Mas como essa minha dúvida particular nasce de uma partícula de césio atirada pelos críticos, tudo fica muito arrefecido.. (.. ) .. Sou um ATOR, queiram Eles ou Não. Desde o rádio, época em que muitos ainda nem tinham nascido, até a televisão, veículo onde a crítica perde, inclusive, o sentido. "

Revista SÉTIMO CÉU - 1971

Foi em 1996, atuando em TIETA DO AGRESTE, de Cacá Diegues, que a CRÍTICA passou a se dar conta do ATOR Chico Anysio. Sua Atuação no filme, inclusive, lhe rendeu o Título de MELHOR ATOR pela extinta Revista AMIGA, da editora Bloch.
Mas Chico, desde os tempos da CHANCHADA ( >>https://memorial-chico-anysio4.webnode.com/l/chico-anysio-e-as-chanchadas/) , onde fez Roteiro, Argumento ou Diálogo de 21 filmes e de ter participado de outros 3, deixou sua MARCA no Cinema Nacional, tendo um filme Protagonizado por Ele em 1971 ( * O DOCE ESPORTE DO SEXO, filme de seu irmão Zelito Vianna ), além de outras 7 passagens pelo *Cinema ( * sem contar os trabalhos de dublador, narrador e participações em Documentários sobre outros artistas e/ou assuntos ).

Com Sônia Braga ( Tieta ) e com Marília Pêra ( Perpétua ), na pele de Zé Esteves. A Atuação no filme chamou a Atenção do Público e Crítica e contribuiu com o Reconhecimento como ATOR, apesar de uma Estrutura tão Óbvia exercendo sua Extensa lista de Personagens na Televisão.


Deixou sua MARCA também em Participações em * Minisséries e Novelas.

Chico levava em média de 20 a 25 minutos para se preparar para seus Personagens na TV. No auge do Sucesso de CHICO CITY, por exemplo, Chico gravava de 12: 00 h ás 22 :00 h, trocava de roupas, perucas e maquiagem Sete vezes, Subia e Descia Escadas em média 50 vezes, do Subsolo ao Segundo andar do Estúdio, tomava banho Duas vezes e Gravava no mínimo três vezes cada Quadro, sendo que apenas Um era aproveitado pela Direção do Programa ( Vale ressaltar que com o passar dos anos, isso mudou, já que Chico gostava de fazer as Cenas DE PRIMEIRA, sem Ensaios, e ficava Irritadíssimo quando tinha que repetir uma Cena ! )

* Temas a serem abordados por este Blog Futuramente 

Kerley Fernandes Salguero, ( fã, admiradora, pesquisadora e idealizadora de conteúdo para projetos virtuais )