Chico Anysio - TIETA DO AGRESTE

29/11/2019

Após muitos Anos Longe do ramo Cinematográfico ( em 1971 Protagonizou O DOCE ESPORTE DO SEXO e participou brevemente como Ele mesmo do Longa TANGA - DEU NO THE NEW YORK TIMES, de 1987 ), Chico Anysio resolveu dar uma chance ao Cinema Nacional, até então rejeitado por Ele ( Vejam ou Revejam nos POSTS >> https://www.memorial-chico-anysio.com.br/l/chico-anysio-e-o-cinema/ e >> https://www.memorial-chico-anysio.com.br/l/chico-anysio-o-doce-esporte-do-sexo/, aceitando o Convite do Diretor Cacá Diegues para o Papel de Zé Esteves em TIETA DO AGRESTE.

Revista AMIGA, Setembro de 1996

Baseado no Livro Homônimo de Jorge Amado, o romance já havia sido adaptado para a Televisão em 1989, em TIETA, novela do Autor Aguinaldo Silva em parceria com Ricardo Linhares e Ana Maria Moretzsohn, se tornando um dos maiores Sucessos da história da Teledramaturgia, com a atriz Batty Faria no Papel da Protagonista.

Em 1996, no filme de Cacá, o Protagonismo ficou por conta de Sônia Braga. Chico, escalado para o Papel de Zé Esteves, o Pai que expulsa a filha Tieta de casa ainda jovem, chamou a atenção do PÚBLICO e CRÍTICA. Até então Famoso,  Popular e Consagrado por seu trabalho no ramo Humorístico, mostrou no filme sua vertente Dramática, passando a ser Reconhecido como ATOR.

Com Cláudia Abreu ( Leonora ), Marília Pêra ( Perpétua ) e a Protagonista Sônia Braga

Em 1998, ao Programa DE FRENTE COM GABI, da apresentadora e jornalista Marília Gabriela, que ia ao ar pelo SBT, contou sobre isso : " Eu levo a Sério meu trabalho, faço meus Personagens com a maior Seriedade.. (.. ) ..por isso eu fiquei muito admirado quando eu fiz TIETA e as pessoas descobriram que eu sou Ator.. eu achei engraçadíssimo porque eu sempre Representei.. (.. ) ..meus Personagens são muito mais difíceis, Tieta foi a coisa mais fácil que eu fiz na Vida.. " Na entrevista, foi levantada a questão do DRAMA ser considerado mais difícil que o HUMOR, quando na realidade é o CONTRÁRIO, e essa Crença proveniente de uma espécie de Preconceito das pessoas, que enxergam as Vertentes da ARTE por Prismas Diferentes.

Na época do Filme, Chico foi Vencedor do Prêmio de MELHOR ATOR COADJUVANTE pela ASSOCIAÇÃO PAULISTA DOS CRÍTICOS DE ARTE. A extinta Revista AMIGA- TV TUDO, da editora Bloch, apontou Chico como o MELHOR ATOR DO ANO na Categoria CINEMA, em sua Lista dos MELHORES DO ANO DE 1996.

De Cacá Diegues com Roteiro do próprio Cacá Diegues, Antônio Calmon e João Ubaldo Ribeiro, TIETA DO AGRESTE, Baseado no Livro/Romance de Jorge Amado, de 1977, se tornou um dos maiores Sucessos da história do Cinema Nacional.

Kerley Fernandes Salguero, ( fã, admiradora, pesquisadora e idealizadora de conteúdo para projetos virtuais )