Humor e o Politicamente Correto

18/09/2019

Desde Sempre o Humor, seja no Brasil ou em outros países, Bateu de Frente com o POLITICAMENTE CORRETO. Dos anos 2010 em diante, a Preocupação, o Cuidado e até a Evitação em desrespeitar, discriminar ou ridicularizar grupos de gêneros, raças, credos, status e de causas/bandeiras, Aumentou, por causa dos Avanços Sociais e Militâncias. Antigamente era mais fácil para os comediantes/humoristas criarem piadas/textos/encenações, sobre os mais variados TEMAS e PESSOAS. Hoje, para muitos, " O Mundo ficou mais Chato " por causa da chamada " Geração MI MI MI ". Lógico que uma piada de 20 ou 15 anos não é mais Cabível na sociedade de hoje. E nem sempre as discussões/debates em torno de assuntos Polêmicos é MI MI MI. Assim como nem tudo no Humor ( de ONTEM e de HOJE ) é necessariamente OFENSIVO. Toda essa Complexidade por falta de uma Reflexão Maior. Essa REFLEXÃO MAIOR a que me Refiro foi a ARMA do nosso Amado Mestre Chico Anysio durante toda sua Carreira, diante de seu Trabalho e do POLITICAMENTE CORRETO.


Kerley Fernandes Salguero, ( fã, admiradora, pesquisadora e idealizadora de conteúdo para projetos virtuais

Chico Protagonizava alguns Personagens que, Hoje, seriam INCONCEBÍVEIS. HAROLDO, PAINHO, TIM TONES, VÉIO ZUZA e NAZARENO, são alguns exemplos. Inconcebíveis pelas mudanças na Sociedade, mas, por outro lado, pela ausência de um pensamento mais Amplo, que antigamente as pessoas se permitiam com mais facilidade. Chico Anysio Satirizava VÁRIOS ASSUNTOS, mas com o INTUITO de INFORMAÇÃO e PENSAMENTO através do HUMOR. TIM TONES não Ofendia a religião Evangélica. Mostrava o lado Feio ( e REAL ! ) da exploração financeira em nome da FÉ, que acontece até hoje em várias igrejas desse segmento. NAZARENO, o marido que paquerava a empregada e humilhava a esposa ( propositalmente Horrorosa ! ), atualmente, seria alvo de IRA das FEMINISTAS ( a Esposa Feia tratada como " Lixo " e o Assédio a " Empregada Gostosona " ). Oi ?? Essa " Humilhação ", antigamente, divertia as pessoas, mas apontava justamente o lado " Cafajeste " dos Maridos.

HAROLDO, o " HÉTERO ", brincava com os Gays que disfarçavam sua condição sexual, apesar de todas as evidências Escancaradas . Hoje, não teria como Chico encenar esse Personagem, até porque, com toda a liberdade e vastidão de Gêneros e/ou Formas de se Relacionar, não teria sentido ou utilidade alguma. Porém, naquela época, as pessoas ( incluindo os próprios homossexuais ) se divertiam com aquilo, sabendo que não se tratava de Gozação ou Preconceito, mas de discutir, de maneira cômica, a Situação daquelas pessoas. A mesma coisa em relação ao casal DR. ROSSETI e DR. LOGULO, onde Chico e o ator Ariel Coelho, em CHICO TOTAL, protagonizavam dois cirurgiões gays que, bem casados com suas esposas, mantinham um caso escondido, e que, ao se encontrarem ocasionalmente no dia a dia e serem vistos em público, disfarçavam de todas as maneiras, em situações Hilárias.

PAINHO talvez fosse Apedrejado Múltiplas vezes, por envolver Três Situações : Ser Pai de Santo ( Religião ), ser Gay ( Gênero Sexual ) e os diálogos com CUNHÃ ( Humilhação e Racismo ). No entanto, as pessoas sabiam rir de tudo aquilo, sabiam que se tratava de satirizar esses Temas, levando á uma linha de raciocínio, não uma forma de Propagar Comportamentos Preconceituosos. Tanto que PAINHO, até hoje, está na Lista dos Tipos de maior Sucesso do Mestre Chico.

Ou seja, Chico sabia com MAESTRIA passar por cima do POLITICAMENTE CORRETO sem a Intenção de Ofender quem quer que Seja. Trazia á tona, através da Comicidade, a Realidade de vários Fatos, em várias épocas. O que é Diferente de chegar em frente ás câmeras e ridicularizar pessoas, até mesmo extrapolar os limites de se fazer comédia ( como aconteceu certa vez no extinto programa COMÉDIA MTV, em que o quadro CASA DOS AUTISTAS, que parodiava a CASA DOS ARTISTAS, foi de extrema Bizarrice e falta de Respeito com pessoas Deficientes sob a justificativa de discutir " Inclusão Social " ).

Chico, se ainda estivesse entre nós, diante de uma época cheia de Polêmicas para todos os lados, continuaria com sua SAGACIDADE diante de vários TEMAS. Não digo pela televisão, até pela falta de espaço e, de certa forma, por causa da Idade, que dificultaria o Troca-Troca de Personagens. Mas, em tempos de Redes Sociais e Plataformas Digitais, Chico daria Lições a muita gente que não possui uma Capacidade AMPLA de distinguir até onde uma BRINCADEIRA vira DE FATO uma OFENSA e/ou DESRESPEITO. E muitos de seus Diálogos seriam um " Tapa na Cara " aos vários Hipócritas que " Pregam " sobre diversos Aspectos/Assuntos.