Humor e Satirização

13/11/2019

Entre os muitos meios de fazer Rir, Humor, basicamente, é SATIRIZAÇÃO. Das Pessoas e suas Situações, Comportamentos, Hábitos, Estilos. E, quase sempre, vem Carregada de INFORMAÇÕES E REFLEXÕES. A Vasta quantidade de Personagens do MESTRE Chico Anysio foi Inspirada nos mais diversos Tipos de Seres Humanos e seus Traços de Comportamento. Desde o Pobre até o Milionário. Desde o Cidadão comum até o Político. Desde a Criança até o Idoso. E nessa Lista, houve espaço até para Figuras Inventadas (existe Vampiro Brasileiro ??!! ).

Kerley Fernandes Salguero, ( fã, admiradora, pesquisadora e idealizadora de conteúdo para projetos virtuais )

Chico Anysio dizia que sua Matéria Prima era a VIDA, o COTIDIANO. Observações das Pessoas ou algo que o Contassem. Seus Personagens nasciam disso. E suas Encenações tinham a Carga Social/Política/Moral/Ética que esse estilo de fazer Rir USA como forma de provocar REFLEXÕES e MUDANÇAS. 


Em se tratando de SÁTIRAS, é importante saber diferenciar a ZOMBARIA da IRONIA. Logicamente, que Satirizar é ironizar alguma coisa, muitas vezes ridicularizar pessoas ou situações com o propósito de Mostrar ou Denunciar algo e provocar Mudanças. Já a IRONIA propriamente dita é o SARCASMO, aquele modo de dizer as coisas naquele tom Sério, demonstrando o Oposto do que se Pensa, que acaba provocando o Riso. 


SATIRIZAR é essencial no Humor. Há os profissionais que agem de modo exagerado. Muitas vezes, há algo Proposital e Pessoal por trás do que fazem, o Intencional em ridicularizar/ironizar alguém pelo seu Estilo/Modo/Conduta, ou alguma Figura Pública. Mas SÁTIRA, antes de tudo, é a PROVOCAÇÃO como forma de se Refletir/Raciocinar. E isso também é importante Diferenciar. O " Engraçadinho " que usa Termos e/ou Trejeitos em cima de uma Figura qualquer, e o Profissional que se baseia em determinada Figura, brincando, mas, ao mesmo tempo, trazendo á tona Situações e Comportamentos que precisam ser Pensados, Avaliados. 


Outro Aspecto sobre esse assunto, é a Resposta do Público. Muitas vezes quem não achou graça, não riu, não significa que tenha sido culpa do profissional. É que muitas vezes, o traço de Comportamento abordado pode ter " caído como uma luva " a quem assistiu. Sabe o velho Ditado, " A Carapuça Serviu " ? Por isso a SATIRIZAÇÃO, ao mesmo tempo em que Diverte e faz Pensar, pode se tornar alvo de CRÍTICA. Mas este já é um outro Tema a ser Abordado por Aqui futuramente..