Humor, irmão da Poesia

27/11/2019

Chico era defensor da Tese de que Humorismo e Poesia tinham COLIGAÇÃO. Em várias entrevistas ao longo da Carreira, assim como em sua Autobiografia, disse : " O Problema do Humorista é o mesmo do Poeta : não dá para parar de Pensar ! Pensa-se, acreditem, até dormindo ! Não há Humorista ou Poeta que não tenha acordado para fazer a Anotação de uma Ideia que desenvolverá ao acordar. " Mas, a Ligação com a Poesia não se restringe a Isso. 

Kerley Fernandes Salguero, ( fã, admiradora, pesquisadora e idealizadora de conteúdo para projetos virtuais )


O HUMOR pode conter coisas poéticas e a POESIA ter pitadas de Humor, como uma Frase/Verso que seja Risível, ou uma Satirização de maneira SUTIL. Ainda em sua Autobiografia, Chico conta : " Um dia perguntei ao Vinicius ( de Moares ) qual o Parentesco entre a Poesia e o Humorismo e o Poeta me respondeu, com um Sorriso:

- Ora, Chico A.. são Irmãos. 

" E é Verdade. Um dos maiores Humoristas deste País foi Carlos Drummond de Andrade, aquele que era, por acaso, seu maior Poeta. "

Chico Anysio ainda tinha em Charles Chaplim, considerado o maior nome da História do Cinema e precursor da Comédia nos tempos do CINEMA MUDO, uma Referência de como se pode colocar/usar Coisas/Situações LÍRICAS no Humorismo. Em 1987, em um Documentário Especial sobre Chaplim no GLOBO REPÓRTER, Chico declarou : " No que Tange ao meu Trabalho em particular, eu aprendi com Ele que a gente pode colocar Coisas Sérias dentro da Graça. E isso eu procuro fazer, uso Personagens que fazem coisas até Líricas, por que Chaplim nos ensinou, principalmente, que o Humor pode ser TUDO, até Engraçado.. "

Assim como a GRAÇA não deixa de ser um dos Ingredientes da POESIA. Aos que não são muito Chegados em Poesias, Poemas, Versos, ou mesmo a Literatura em SI, é uma questão de PERCEPÇÃO. Quando se fala de POESIA, geralmente as primeiras coisas que vem á cabeça são Amor, Romantismo, Sofrimento, Ingenuidade, Tristezas, Singelezas.. HUMORISMO mexe com questões sociais, hábitos e modismos, satirizações e ironias.. Essas duas últimas são elementos muito comuns em POESIA. Oswald de Andrade, Mário Quintana, Manuel Bandeira e o próprio Carlos Drummond de Andrade, mencionado por Chico, são exemplos disso. A Era do MODERNISMO, na literatura, abriu caminho para que se incluísse HUMOR e CRÍTICA SOCIAL aos VERSOS.

Por falar em Literatura, O BATIZADO DA VACA, primeiro Livro escrito pelo Mestre Chico Anysio em 1972, ao contrário do esperado pelo Público, surpreendeu ao trazer CONTOS de Conteúdo trágico das Situações do Cotidiano, apesar de vários deles abordados de maneira Descontraída.