NO DIVÃ - Mais de UM e UM de CADA

30/05/2021

" Um dos Artistas mais Completos que o Brasil já Conheceu, há mais de quarenta anos Chico Anysio nos apresenta o seu Talento de Mil Matizes. Como Humorista, Escritor Best-seller, Ator, Comentarista Esportivo, Compositor e Pintor, sua Atividade parece INEXAURÍVEL. Se Concentrasse sua Vida Profissional em apenas uma Vertente das muitas que abriu, segundo ele, morreria com a Frustração de não ter tentado as outras. "

Eis a Apresentação da Autobiografia de Chico Anysio, de 1992, pela Editora ROCCO. Chico era MAIS DE UM e UM DE CADA. Não Propositalmente, mas Consequentemente. Seus Planos de Vida e Carreira eram outros. Mas o Impulso Artístico acabou falando mais Alto.

Chico Anysio começou como HUMORISTA. Ingressou no Humor pela Incrível Habilidade de Imitar e Criar Vozes. Se estabeleceu no Rádio Escrevendo, Produzindo, Dirigindo e Atuando. Se tornou REDATOR/ROTEIRISTA de seus próprios Programas. Como Escrever era um exercício diário, criar letras de Canções o fez se tornar COMPOSITOR. Ao migrar definitivamente para a Televisão, Optou pelo Caminho de FAZER VÁRIOS. Ao interpretar diversos Personagens, automaticamente era ATOR. Devido ao hábito e ao aperfeiçoamento constante em elaborar Textos, passou a ser também ESCRITOR. Já consagrado em Palcos e dominante da Televisão, vez por outra passava para o outro lado : DIRETOR. Cria do Rádio e com Voz Primorosa, era LOCUTOR. Apaixonado por Futebol, se consolidou como COMENTARISTA ESPORTIVO. Incansável, ainda resolveu investir em outra maneira de se expressar artisticamente : Pintando QUADROS.

Chico Anysio ENTENDIA de TODAS AS ÁREAS. Talvez a Maior Genialidade do Mestre era se Aventurar em Todas Elas, mas não necessariamente TODAS AO MESMO TEMPO. Chico sabia o MOMENTO CERTO de EXERCER cada uma dessas Atividades, quais os Projetos Propícios para se Responsabilizar por Isso ou Aquilo e Manter a Rotina de Gravações de seus Programas, mesclados com as Apresentações de seus Shows pelo País. Se acostumou a Acumular FUNÇÕES. E Lamentava. Não pelo Acúmulo : " A grande falta que sempre senti na Vida foi de dias mais longos, para que pudesse Espalhar por muitas horas EXTRAS a Compulsividade do meu trabalho. Trabalhar, para Mim, é tão importante quanto Respirar. "

Há quem diga que Chico Anysio, dentro da carreira Televisiva, com apenas 10 ou 15 Personagens já teria se Consagrado como o maior Humorista do Brasil. O próprio Chico, certa vez, desabafou : " Não precisava ter feito tanto quanto Eu Fiz.. Muitos Personagens se perderam no tempo, outros foram esquecidos, outros substituídos.. alguns nem chegaram a ir ao Ar.. " Em algumas entrevistas, revelava : " Através dos meus Personagens, Eu já disse Tudo, já Fiz Tudo.. Não tenho que Provar mais nada a ninguém. "

Chico Anysio foi o Homem que deu Vida a 209 Vidas, que Carregou 4 Profissões e ainda mais 5 Ofícios Paralelos, abrindo Brechas para outros trabalhos como Campanhas Publicitárias e Participações em Séries, Documentários e Programas de TV. O Lado Empresarial também surgia eventualmente. Além da quantidade de Filhos e ex-Esposas ao longo de sua Trajetória particular ( Mas disso, falaremos mais pra frente.. )

Poucos Artistas, no Brasil ou no Mundo, são tão MULTIFACETADOS como foi Chico Anysio. Dentro do Âmbito de MULTIFACETADO ( Personagens/ Interpretações ) + PROFISSÕES MÚLTIPLAS ( e Paralelas ), NÃO EXISTE Alguém que seja PÁREO ou Conseguirá Atingir o mesmo PATAMAR. Chico foi desses Artistas ÚNICOS, do tipo HORS-CONCOURS. Mas é Interessante Constatar que, apesar disso, não foi ENALTECIDO em VIDA do jeito que Merecia. Nunca levou a Sério a Menção de GÊNIO e sempre Dizia : " Sucesso é um Acidente de Percurso ". Por outro lado, intimamente, tinha PLENA CONSCIÊNCIA de seus Diversos Talentos e da Importância de seus Trabalhos para a CULTURA NACIONAL.

Apesar de Chico Anysio Ter Sido QUEM FOI, existe um FATO IMPRESSIONANTE. Em 2002, ao Jornal FOLHA DE SÃO PAULO, DESABAFOU algo Curioso e Absurdo ( mas, infelizmente, VERDADEIRO ) : " O Fato de Eu Atuar na TV faz com que se cometa a barbaridade de editarem um Livro, CEM MELHORES CONTOS BRASILEIROS, e não incluírem nenhum Meu. Minhas Músicas são quase Renegadas, minha Pintura é Desqualificada, meus Comentários de Futebol são considerados Idiotas, minhas Poesias nem chegam a ser Lidas.. "

Longe de ser mais um daqueles Desabafos por Desânimo, para além da Indignação com o DESCASO da TV GLOBO em seus Últimos Anos de Vida, era o que inexplicavelmente acontecia com Chico Artisticamente.


Kerley Fernandes Salguero, ( fã, admiradora e idealizadora de conteúdo para projetos virtuais ) ( @semprefrancisco )