Os 47 Anos da Estreia de CHICO CITY

03/01/2020

Próximo Domingo ( 05/01 ), CHICO CITY, um dos Maiores MARCOS do Humorismo da TV GLOBO e da Carreira do Mestre Chico Anysio, completa 47 de sua Estreia. No Ar de 1973 a 1980, passou por várias reformulações, lançou diversos artistas e trouxe a Popularização e Consagração de vários Personagens de Chico Anysio, como BAIANO, BOZÓ, POPÓ, ALBERTO ROBERTO, PANTALEÃO e SALOMÉ.

Após ser Contratado pela TV GLOBO em 1969, ter realizado os Programas CHICO ESPECIAL, VOCÊ TEM TEMPO? e LINGUNHA X MR.YES, ter ficado Afastado por um Ano ( por problemas Salariais da Emissora ) e Retornado, já com Contrato Efetivo, surgiu a ideia de CHICO CITY.

" Estava preparado para voltar a fazer CHICO EM QUADRINHOS.. (.. ) Veio á minha cabeça um programa de rádio que eu fizera com sucesso na Mayrink Veiga ( ESTE NORTE É DE MORTE ) e que já realizara na Excelsior de São Paulo com outro nome ( OH, NORDESTE DA PESTE ). Imaginei, então, fazer a mesma coisa noutro formato.. (.. )

- CHICO CITY

- O que é Isso ?

- Uma Cidade do interior do Nordeste. Tudo acontece lá. Passo para a dimensão daquela Cidade os acontecimentos do Mundo. Uma Cidade com o seu Prefeito, o seu Padre, seu Bêbado, seu Juiz de Direito. Todos os Personagens feitos por Mim.

- Pode preparar para gravar !

Chamei o Arnald Rodrigues e escrevemos o primeiro Programa.

" O Arnald e Eu fizemos o Prefixo. Alfredo Pereira fez o Cenário, o texto foi feito por Mim, o Arnald e o Roberto Silveira. Tudo a toque de caixa. Dispúnhamos de Dez dias para o primeiro programa. E Conseguimos ! A importância do Arnald foi muito grande. Devo a Ele pelo menos Sessenta porcento do Conseguido. Tivemos que mudar o nome do Prefeito a pedido do Régis Cardoso. Ele se chamaria Walfrido Cajazeiras. Estavam gravando, na mesma ocasião, O BEM-AMADO e havia as irmãs Cajazeiras. Mudei o nome para CANAVIEIRA, regravando duas ou três Cenas. Nasceram, no primeiro CHICO CITY, vários Personagens. SEVERINO PANDOLÉ - o Homem dos Passarinhos - marcou a estreia de Cininha de Paula como Atriz. Num quadro com Antero de Oliveira ( Soiza ) começava uma Atriz que Hoje é das maiores Estrelas do País : Glória Pires. Glorinha era, no programa, filha do médico da Cidade, DR. ARISTÓBULO, vivido por Luiz Delfino. Zé Trindade fazia um Personagem muito engraçado: um Beato que pedia coisas para a Igreja. Chegava-se a alguém e entregava uma Lista.

- São umas coisinhas que a Igreja está precisando.

- Pois não. Deixa eu ver. Uma caixa de velas, uma toalha de morim, um castiçal, um capacho.. um Volkswagen. Um Volkswagen ?

- É pro Padre ! 




Chico de VÉIO ZUZA ao lado do filho Nizo Neto, que, entre outros Personagens, fazia NEGRITINHO. Nizo começou a Carreira trabalhando ao lado do Pai, em CHICO CITY, aos 9 anos de Idade. 

 "Os primeiros programas foram dirigidos pelo Augusto César Vanucci. Com ele comecei a fazer o PANTALEÃO, personagem que encerrava o programa contando uma grande Mentira, com a conivência de TERTA, sua mulher, e os palpites de um afilhado ( PEDRO BÓ ). O Papel de PEDRO BÓ seria do Agildo ( Ribeiro ), que preferiu não fazer. Ficamos então num impasse : quem seria PEDRO BÓ ? "

" Joe Lester, empresário do Jararaca ( que participava do programa com o nome de Sucuri ) estava no auditório assistindo á gravação.

- Dá o Pedro Bó para o Joe Lester - sugeri.

- Será que ele faz ?

- Claro que faz. São só três Perguntinhas. Ele faz.

" Joe Lester tinha um defeito na perna que lhe dificultava a locomoção. Colocamos o Joe sentado num barril, limpando um fuzil. Ele interferia três ou quatro vezes no Esquete com uma pergunta Cretina, semelhante ás Perguntas da mulher do " Saraiva ", personagem que eu criara para o Ary Leite, ainda na Mayrink Veiga.

- Aí, doutor - dizia Pantaleão - começou a cair uma chuva danada.

- Do Céu, seu Pantaleão ?

- Não, Pedro Bó, do chão. A Chuva saía do chão e ia bater na cabeça de tua Mãe ! Terta, tira Pedro Bó daqui !

" PANTALEÃO foi o grande Sucesso do Programa. Em Humor é assim : sempre há um Personagem que se Destaca e, durante um bom tempo, ' segura ' o Programa. PANTALEÃO foi quem segurou CHICO CITY nos dois primeiros anos. O Sucesso de um Tipo Ofusca os demais. Há casos, porém, em que apesar de um Tipo ser de Grande Êxito, outros conseguem aparecer. O Prefeito CANAVIEIRA foi um assim. Era Ladrão e Corrupto, o que provocou um abaixo-assinado de centenas de Prefeitos nordestinos, porque nas suas Cidades todos os chamavam de CANAVIEIRA. "

" O Programa era TEMÁTICO. Já que mostrávamos o nascimento de uma Cidade, tudo estava para ser feito. O primeiro Programa marcava a inauguração da ' Casa de Força '- que, no final, nada mais era do que um Banheiro. "

" Por estarmos no Regime Militar, a CENSURA exercia forte Pressão. O pior é que faziam a Censura depois de o Programa gravado e não no texto. Isso era terrível. Muita coisa tivemos que Cortar e muitas Cenas tiveram que ser Regravadas por Imposição dos Censores que não admitiam Argumentos.. (.. ) ..Tirar do Humor o direito da Crítica é amputar-lhe os dois braços. Trabalhamos amputados muitos anos, mas realizamos um trabalho Bonito e muito Simpático. CHICO CITY foi líder de audiência em Todos os Anos em que esteve no Ar. "

Em 1975 CHICO CITY passou a ser Exibido A CORES. Nesse ano, o programa ganhou uma nova locação: CHICÓPOLIS, uma Cidade habitada por gente Rica e Esnobe, que era separada de Chico City apenas por uma Jaqueira. As duas Cidades eram Inimigas. O milionário JEAN PIERRE NEPOMUCENO era a Principal Figura de CHICÓPOLIS.

" Em 1977 CHICO CITY passou a ser gravado Todo em Externas. Procuramos um Lugar perto do Rio ( de Janeiro ), que tivesse ' Cara de Nordeste '. Alguém sugeriu que usássemos Sepetiba, onde haviam feito Cenas de O BEM-AMADO. Nunca tinha imaginado CHICO CITY com Mar. Na minha cabeça CHICO CITY era uma Cidade do alto Sertão Pernambucano, mas Sepetiba era simpática e cumpria todas as necessidades.. (.. ) .. A Globo mandou pintar todas as casas da praça, e mais algumas da rua que sobe, saindo da pracinha. CHICO CITY estava plantada em Sepetiba, com uma Estátua de POPÓ, em frente ao Coreto. O Figurino idealizou a Bandeira : laranja, com um chapéu de couro preto, no alto á esquerda. "

" Manga ( Carlos Manga, Diretor ), quis e assim foi feito : o Programa abria com um Balé onde meus Personagens, em takes rápidos, assistiam a tudo. Tive a ideia de fazer, naquele Ano, uma Novelinha no Programa. Bráulio Pedroso ( autor de BETO ROCKFELLER ) foi convidado e concordou em fazer o Roteiro. Ele dava o que iria acontecer nos quatro Programas do Mês, em esquema Novelístico, e os autores escreviam os Diálogos.. (.. ) .. Lancei, neste ano, o CEL. LIDU, um velho gordo de barbas longas ( tipo Orson Welles ), e o PROFETA, que dava sua Mensagem sentando num barco, sempre gravado no fim da tarde, com um Céu Amarelo ao fundo. O Programa foi Lindo, mas não conseguiu ser Eficiente. Aquela coisa de ser uma Novelinha podia funcionar, mas não com um Capítulo por semana. Era muito Espaço entre uma coisa e outra. O público esquecia do que tinha visto na semana passada e quem perdesse um Programa passava quinze dias desligado da história. Levamos até o fim do ano, mas o Ibope não atingiu o esperado.. (.. ) ..A Novelinha de Sepetiba foi um Erro, mas Eu sabia disso e, para 78, tive a ideia de fazer CHICO CITY crescer.. "



Casados na VIDA REAL ( de 1975 a 1979 ) Chico Anysio e Alcione Mazzeo eram um dos Maiores Destaques da fase MODERNA de CHICO CITY como BOZÓ e MARIA ANGÉLICA, Personagem que Popularizou Alcione e virou mania entre o Público Infantil. 

" .. CHICO CITY cresceu. A Abertura mostrava o POPÓ sentado num bondinho de Santa Teresa e coisas assim. Isto abriu espaço para a entrada de Personagens que não fossem exclusivamente Nordestinos. Tive um único problema : a Volta do Arnald ( Assunto a ser Tratado futuramente por este Blog ! ). Ele não estava trabalhando e precisava trabalhar.. (.. ).. Ele voltou e entraram ( pelo fato da Cidade ter sido Ampliada ), Personagens que antes não poderiam existir : COALHADA foi um Deles. Também entraram aí GASTÃO, NAZARENO e outro ' Sulistas '. NICO BONDADE foi um que me deu muito prazer fazer. Ele tocava numa ferida feia da Sociedade : a dificuldade de conseguir emprego daqueles de mais de cinquenta anos. Era um Personagem tragicômico, e Eu gosto de tipos assim. CHICO CITY, no entanto, já começava a me Cansar. Há dezenove anos eu fazia aquele tipo de trabalho. Pinta a Cara, Muda a Roupa, Inventa a Voz, Arruma Trejeito. Tudo começava a Pesar. Já não era com o mesmo prazer que Eu ia para as gravações. Flagrei-me várias vezes dizendo :

- Ih.. amanhã tem Gravação.

Antes era Diferente. Eu Dizia :

- Oba. Amanhã tem Gravação.

Não havia mais ' OBA ' nas minhas Exclamações e ISTO, pra Mim, era Sinal que estava na hora de Parar. Fui ao Boni :

- Estou achando que quero parar com CHICO CITY.

- Aconteceu alguma coisa ?

- Não. Apenas não estou mais tendo prazer em fazer o Programa e isto é Sintomático. O que é que você acha ?

- Está querendo parar, pára. Eu ponho um Filme no horário.

O Programa PAROU. No Ano seguinte ( 1981 ) eu veria o que fazer, porque fora da Televisão não dava para ficar Mesmo. "

CHICO CITY teve como Diretores Augusto César Vanucci ( 1973 ), Mario Lucio Vaz (1974-1975), Carlos Manga (1976-1978 ), Maurício Sherman (1979-1980), Jardel Mello (1980) e Ewaldo Ruy (1980 ). Entre os vários Redatores responsáveis pelo programa ao Longo de suas temporadas estavam o Mestre Chico Anysio, Marcos César, Jomba, Caco Lacerda, Irvando Luiz, Renato Pereira, Lula Queiroga, Arnaud Rodrigues, Roberto Silveira e Mário Tupinambá.

Há várias Diferenças entre os Relatos de Chico em sua Autobiografia e algumas Informações Arquivadas/Divulgadas no Site MEMÓRIA GLOBO, em relação ao Programa ( Visitem e Comparem no SITE, que foi REFORMULADO e ATUALIZADO Recentemente>> https://memoriaglobo.globo.com/entretenimento/humor/chico-city/ ). As várias Reportagens de Época ( Todas Datadas ), retratando as várias fases do Programa, ajudam a Confirmar ou Desmentir algumas Informações de Ambas as FONTES. 

Páginas da extinta Revista AMIGA - TV TUDO, destacando a Estreia de CHICO CITY, em 1973.

O JORNAL DO BRASIL, de 5 de Janeiro de 1973, trouxe Matéria Especial sobre a Estreia do Programa, que Aconteceu naquele mesmo Dia. 

O Esquema de CHICO CITY em formato de " Novelinha " foi Destaque na extinta Revista CONTIGO !, Datada de 1976.

Ainda em 1976, a mesma Revista Destacou CEL. LIDU e todas as Mudanças feitas por Chico e o Diretor Carlos Manga.

Mais uma Vez, em 1976, a CONTIGO ! trouxe Reportagem Especial sobre CHICO CITY, que, áquela altura, havia se transformado em uma METRÓPOLE.

Episódio de Estreia de CHICO CITY, em 5 de Janeiro de 1973.

CHICO CITY passou a ser Reprisado pelo CANAL VIVA em Setembro de 2016, em 9 Episódios Selecionados.  

Kerley Fernandes Salguero, ( fã, admiradora, pesquisadora e idealizadora de conteúdo para projetos virtuais )