VOCÊ CONHECE CHICO ANYSIO ? - PARTE 17

14/08/2021

Chico Anysio já trabalhou em outras ocasiões como NARRADOR. O LP/CD VIDA DE CRISTO, lançado pela gravadora EMI em 1994, com texto de Giusepe Ghiaroni, trazia Chico narrando a história de JESUS, com participação de outros artistas durante os diálogos dos personagens bíblicos, como Francisco Milani, Orlando Drummond, Castro Gonzaga, entre outros. O LP/CD foi produzido por Marina Ghiaroni, com Direção Artística de João Augusto e Direção de Chico Anysio e Eduardo Sidney. Ainda nos anos 90, já na ERA DOS CD'S, Chico participou de um Projeto da GOL RECORDS com a VIDEOLAR S/A como Narrador Bíblico. Entre os LP'S narrados pelo Mestre, estavam as Histórias de SÃO FRANCISCO DE ASSIS, PADRE CÍCERO e FREI DAMIÃO, com textos de Fermino Neto.

A DISCOGRAFIA do Mestre era extensa, abrangendo LP'S de SHOWS, inspirados em Personagens, de Piadas, de Músicas e Projetos diversos e Compactos.


CHICO ANÍSIO INAUGURA O HUMOR DANÇANTE foi o Primeiro LP Efetivo de Chico Anysio, lançado pela PHILIPS, em 1969 ( o Primeiro LP da Carreira do Mestre em 1962, também pela PHILIPS, se referia ao Programa CHICO ANÍSIO SHOW ). Na época, á extinta Revista INTERVALO declarou : " É um trabalho sério, despretensioso e honesto. Meus Personagens irão cantar músicas de pilantragem, cada um dentro de sua Especialidade. " Clássicos da música brasileira como TEREZA DA PRAIA e SAMBA DE UMA NOTA SÓ, ganharam versões humorísticas na Voz de Chico. O Disco não obteve Sucesso, mas, décadas depois, passou a ser muito procurado e acabou se tornando CULT entre Colecionadores e Pesquisadores.

30 ANOS DE CHICO ANÍSIO foi Lançado em 1981 pela ATLANTIC/WEA. Produzido por Arnaud Rodrigues e com Textos do próprio Arnaud, Chico Anysio e Marcos César, marcou as comemorações dos 30 Anos de Carreira do Mestre. Um dos Destaques do LP foi a versão de Chico para a canção LA VALSE Á MILLE TEMPS, de Jacques Brel, que se tornou a Inesquecível Sátira A VACA, de conteúdo Crítico/Político em pleno período Inflacionário.

CHICO É DO CASSETE, de 1987, lançado pela BARCLAY, com Produção e Textos de Arnaud Rodrigues, trazia vários Personagens. Um dos Discos mais Surpreendentes de Chico, que divide Opiniões por causa do conteúdo totalmente SEM CENSURA e recheado de PALAVRÕES. Há quem considere Divertidíssimo. Outros, PESADO DEMAIS e longe de toda a Criatividade e Brilhantismo do Mestre.

Sobre os Programas de TV e os Personagens que Originaram LP's, CHICO ANÍSIO SHOW, de 1962, foi lançado pela PHILIPS com Direção Artística de Armando Pittigliani. O Sucesso do Programa pela TV-RIO originou o Disco, que trazia uma COMPILAÇÃO dos Quadros dos Personagens mais populares de Chico na época, como CEL. LIMOEIRO, SANTELMO e ZÉ TAMBORIM. Foi o Primeiro LP da Carreira de Chico.

A Popularidade de LINGUINHA rendeu o LP Homônimo com a Trilha Sonora do Programa LINGUINHA X MR. YES, da TV GLOBO, com temas cantados por diversos artistas. Foi lançado em 1971, pela SOM LIVRE. CHICO CITY também ganhou LP com Trilha Sonora, com destaque para ISSO É BOM DEMAIS, de Kris e Cristina. Foi lançado pela SOM LIVRE e há outras Capas com outras Trilhas referentes ao humorístico.

Outro Programa que rendeu LP foi AZAMBUJA E CIA., de 1975, pela CID, com Direção Artística e Produção de Durval Ferreira.

ROBERVAL TAYLOR e COALHADA foram Figuras de Sucesso que originaram os LP'S ROBERVAL TAYLOR e COALHADA - O CRAQUE QUE FALTOU NA SELEÇÃO, ambos da SOM LIVRE. Enquanto o primeiro, de 1976, trazia Músicas e artistas convidados, o segundo, de 1978, trazia textos de Chico Anysio e Irvando Luiz.

AS MUCAMAS DE PAINHO, de 1982, foi um trabalho inspirado no Personagem que mais marcou a Carreira de Chico naquele período. Trazia Canções compostas por Arnaud Rodrigues, Dudu, Sebastião Valentim, Toninho Café e Orlandivo. O LP teve Arranjos de João de Aquino e contou com os Músicos Jamil e Luisão (Baixo), Papão (Bateria), Caboclinho (Tumbas), Renato Piau (Violão, Guitarra), João de Aquino (Violão), Marcelo (Flauta, Clarinete, Sax soprano) e Os Tincoãs, e Jussara e Jurema (Coro).

BAIANO E OS NOVOS CAETANOS fizeram História nos anos 70 e deixaram sua MARCA na MPB. Inspirado em Caetano Veloso, o Personagem BAIANO criado para CHICO CITY deu origem ao grupo BAIANO E OS NOVOS CAETANOS, formado por Chico e Arnaud Rodrigues, que contavam com a participação do músico Renato Piau. Arnaud quem teve a ideia do Nome NOVOS CAETANOS, parodiando o Grupo OS NOVOS BAIANOS. Chico então fazia BAIANO ( Caetano ) e Ele, PAULINHO CÉREBRO DE PROFETA, satirizando PAULINHO BOCA DE CANTOR, um dos Integrantes do Original NOVOS BAIANOS. A Parceria rendeu 2 LP'S ( de 1974 e 1975 ), com músicas Compostas por Eles, cujas letras divertidas e de Cunho Político fizeram enorme Sucesso e se tornaram CLÁSSICOS como VÔ BATÊ PÁ TU, URUBU TÁ COM RAIVA DO BOI e FOLIA DE REIS. Esses LP'S venderam MILHÕES na época, salvando a gravadora CID de uma quase falência ( o Segundo LP foi lançado pela SOM LIVRE ), e VÔ BATÊ PÁ TU, de 1974, esteve nas Paradas tanto do Brasil como de outros países, como França, Itália e Suécia. Após o Sucesso Estrondoso e a Separação artística de Chico e Arnaud, ambos seguiram outros Rumos. Somente em 1982 Chico voltaria a gravar com Arnaud, no LP A VOLTA, e em 1985, SUDAMÉRICA. Estes LP'S, porém, não conseguiram ser tão expressivos e atingir o mesmo Sucesso dos Primeiros.

Entre os Shows e Espetáculos Registrados em LP, CHICO ANÍSIO - FANTÁSTICO, de 1973, foi o primeiro LP do Mestre referente a SHOWS, lançado pela CONTINENTAL, com textos de Chico e Arnaud Rodrigues.

CHICO TOTAL é o Registro do Espetáculo Homônimo do Mestre que entrou para a Lista dos Shows mais Marcantes de sua Carreira. Lançado em 1980 pela WEA, foi Produzido por Benil Santos com Direção Artística de Sérgio Cabral e textos de Chico, Arnald Rodrigues, Ziraldo, Haroldo Barbosa, Max Nunes, Millôr Fernandes, Nelson Torto, Marcos César e Roberto Silveira. Foi gravado Ao Vivo no Cine Show de Madureira, em Janeiro de 1980.

CHICO ANÍSIO AO VIVO, de 1975, foi o Registro do Espetáculo GOSTEI MAIS DO OUTRO e foi Relançado naquele mesmo Ano pela SOM LIVRE, com outra CAPA.

Além das Narrações Bíblicas já citadas, houveram outros projetos marcantes de Chico Anysio em DISCO, como BAIANO E AMARALINA. Em 1977, Chico ( já separado de Arnald Rodrigues ) gravou mais um LP referente ao Personagem BAIANO, desta vez em Parceria com a atriz Nádia Maria. AMARALINA foi uma Personagem Inspirada em Elba Ramalho, e o Disco lançado pela SOM LIVRE.

O LP GALA 79 APRESENTA : HUMOR A QUATRO, lançado em 1979 pela gravadora GALA, trazia uma Compilação das melhores Piadas e Monólogos do Mestre Chico Anysio e de Ronald Golias, Ary Toledo e José Vaconcellos.

AS ANEDOTAS DO PASQUIM, referente ao famoso JORNAL, trouxe Chico Anysio, Ziraldo, Ronald Golias e José Vaconcellos em LP Produzido por Arnaud Rodrigues e Direção Artística de Sérgio Cabral. Foi lançado em 1980 pela ATLANTIC/WEA.

Entre os Compactos envolvendo Publicidade e Raridades, UMA VOZ AO PÉ DO OUVIDO da SOM LIVRE, de 1977, trouxe o " Galã " ALBERTO ROBERTO nas Faixas TANGO e EL DIA QUE ME QUIERAS, em textos narrados por sua " VOZ AVELUDADA ".

O primeiro LP Compacto da Carreira do Mestre, lançado em 1967 pela RCA VICTOR, trazia as Faixas ( Sátiras ) O DRAMA DO SOLTEIRO e MR.DÓLAR.

O LP Compacto ( 33 RPM ) CHICO ANÍSIO CONTA A HISTÓRIA DE UM CASAMENTO FELIZ ( A Lavadora de Roupas BENDIX e o Sabão em Pó VIVA ), foi um disco Publicitário, Promocional, durante a década de 60, falando sobre as extintas Marcas BENDIX e VIVA, tal qual aconteceu com o Compacto CHICO COM C, sobre a Marca de Eletrodomésticos CONSUL, anos mais Tarde ( 1978 ). A Foto de CAPA, Idêntica a outra publicada em 1964 em uma Matéria da extinta Revista INTERVALO, leva a crer o Compacto ter sido Lançado no mesmo Ano. Raríssimo, não há informações adicionais sobre Ele.

Ainda falando de Publicidade, a parceria de Chico com a Marca HAVAIANAS, além dos incontáveis Comerciais de TV, rendeu também um Compacto com JINGLES ( Data não determinada ! ).

BAIANO E NOVOS CAETANOS renderam alguns Compactos com seus principais sucessos, inclusive um Raríssimo de 1986 com a Faixa FORRÓ DO ZÉ MANÉ.

Kerley Fernandes Salguero, ( fã, admiradora e idealizadora de conteúdo para projetos virtuais ) ( @chicoanysiototal )