VOCÊ CONHECE CHICO ANYSIO ? - PARTE 18

16/08/2021

Chico foi Autor de 24 Livros ao Longo da Carreira, entre Contos, Romances, Obras inspiradas em Personagens, Histórias diversas e sua Própria Biografia feita em 1991, lançada pela Editora ROCCO em 1992 ( Lista Completa já Publicada neste Blog ! )

CARAPAU foi o Primeiro ROMANCE de Chico Anysio em 1978, após ter Lançado Sete Livros de CONTOS. Teve Texto Especial de ninguém menos que Jorge Amado e Orígenes Lessa, Jornalista, Contista, Romancista e Novelista, falecido em 1986, que também deu seu Parecer no Prefácio do Livro ( Trechos dos Textos já Postados por este Blog ! ).

Em 11 de Agosto de 1978, o Jornal O GLOBO trouxe uma Entrevista com Chico Anysio, cujo o principal Assunto era o recente Lançamento do Livro CARAPAU, pela Editora ROCCO. Questionado sobre a possibilidade de estranheza do público, que desde suas primeiras Obras esperavam um Chico Anysio engraçado e se surpreenderam com o Conteúdo, Chico respondeu : " Este é um problema que nunca me preocupou. Meus livros venderam muito, e eu acho que CARAPAU é o que vai vender Menos. O Público prefere o Conto ao Romance. O Conto pode ser lido aos poucos e até mesmo dentro do ônibus. Cada Conto tem em média duas ou três páginas, e o leitor não tem que se preocupar com a história e o enredo. Já para ler um Romance, o leitor tem que dedicar um maior número de horas e ler mais atentamente. Os meus livros são lidos, principalmente, por gente que não está acostumada a isso.. "


Quando Chico lançou seu Primeiro Livro, O BATIZADO DA VACA, em 1972, algumas pessoas se surpreenderam, assim como O ENTERRO DO ANÃO, lançado no ano seguinte. Ao contrário do que se esperava, Chico apresentou CONTOS, vários deles de conteúdo Trágico. Quem esperava RISOS e mais RISOS, estranhou um pouco.

Depois do Sucesso de vendas de É MENTIRA, TERTA ?, seu terceiro Livro, de 1973, inspirado no Clássico Personagem PANTALEÃO e suas histórias Inacreditáveis, A CURVA DO CALOMBO, de 1974, voltou a surpreender. Um misto de Seriedade e Comicidade, pouca gente Entendeu na época a Capacidade de Chico escrever Seriamente e ser Enfático através da Satirização. Mesmo Críticos Especializados foram Incapazes dessa Percepção, preferindo Analisar o trabalho de Chico sob o Ponto de Vista Literário, deixando de lado a Ênfase por trás das Histórias, ou deixando de explorar a Objetividade ( ou possíveis Objetivos ) por trás dessa Ênfase.

TEJE PRESO, quinto Livro escrito pelo MESTRE Chico Anysio, lançado em Junho de 1975 pela editora ROCCO, foi uma Obra de Contos, como os anteriores O BATIZADO DA VACA ( 1972 ), O ENTERRO DO ANÃO ( 1973 ), É MENTIRA, TERTA ? ( 1973 ) e A CURVA DO CALOMBO ( 1974 ). Porém, a diferença estava nas Histórias, desta vez todas sobre o Nordeste. " Os quatro primeiros livros foram mais cariocas. Nordestino, me sinto melhor escrevendo sobre meu Chão", declarou na época ao Jornal O GLOBO, explicando a emotividade e facilidade de trabalhar uma linguagem que melhor se identifica. A CURVA DO CALOMBO chegou ás Prateleiras das Livrarias juntamente com a 2ª Edição de É MENTIRA, TERTA ? e a 13ª Edição de O ENTERRO DO ANÃO.

TEJE PRESO já estava Pronto desde 1973, antes de A CURVA DO CALOMBO, e Chico considerava o seu Livro mais Trabalhado, sob o ponto de vista Literário, e o mais Importante, sob o ponto de vista Emotivo. Seu Ofício de ESCRITOR havia deixado de ser uma atividade complementar do Humorista para se tornar o que Ele chamava de " Trabalho Sério ", eventualmente cômico, porque " o cotidiano é cômico, mas também trágico".

Quando lançou TEJE PRESO já tinha PRONTO o Livro O TOCADOR DE TUBA ( que foi lançado muito tempo depois, em 1977, após o lançamento de FEIJOADA NO COPA, livro que veio após TEJE PRESO ). E ainda já tinha CARAPAU ( de 1980 ) em seus Planos.

CARAPAU foi um Sucesso aclamado, como já mencionado e seu Segundo ROMANCE, NEGRO LEO, de 1985, também teve sua Importância. NEGRO LEO, Livro foi Adaptado para a Televisão em um Episódio Homônimo exibido no Programa CASO ESPECIAL, pela TV GLOBO, em 30 de Maio de 1986. O Trabalho teve Direção de Paulo Ubiratan e Luiz Gleiser e foi Protagonizado por Lílian Lemmertz. Este, aliás, foi o último Trabalho da Atriz, que faleceu em 5 de junho de 1986, apenas uma semana após a exibição do Especial, vítima de Infarto. O Episódio exibido no CASO ESPECIAL, da TV GLOBO, concorreu ao Prêmio CARACOL no 8º Festival Internacional del Nuevo Cine Latinoamericano de La Habana, realizado em 1986, tendo recebido Menção Honrosa.

Em 1983, um ano antes do lançamento do Livro O TIETE DO AGRESTE, a estória escrita pelo Mestre Chico Anysio era Publicada diariamente no Caderno de Variedades do Jornal ÚLTIMA HORA ( RJ ). A Saga do nordestino BIO, nascido SEVERINO, que resolveu proclamar a independência do Nordeste, dividindo o país em BRASIL-ESTE, o sul, e o "BRASIL-DA-PESTE," era contada no Jornal em partes, numeradas, com Desenhos do Cartunista Jorge Guidacci. Em 3 de Julho de 1984, foi lançado o LIVRO pela editora Rocco.

Chico sempre quis se tornar Escritor, mas foi protelando sua vontade o quanto pôde, sempre declarando várias desculpas : " Não Posso, Não Sei, Não tenho tempo, ninguém vai Ler.. " A Falta de tempo era a única desculpa verdadeira. Após o lançamento de o BATIZADO DA VACA, o Sucesso literário prosseguiu e ganhou ainda mais Notoriedade quando Chico, de CONTISTA, passou a ROMANCISTA.

Chico Anysio quase fez Parte da ACADEMIA BRASILEIRA DE LETRAS, obtendo 19 VOTOS. Só não Ocupou Seu Lugar por sugestão do famoso Escritor João Ubaldo Ribeiro ( falecido em 2014 ). " É muita responsabilidade, Chico, muitos Compromissos.. Além disso, sempre vai ter alguém torcendo pela sua Morte para poder tomar a sua Vaga ", disse Ubaldo em Diálogo relembrado por Chico Anysio durante entrevista ao programa O MUNDO DA LITERATURA, pelo SESC TV, em 2005.

Kerley Fernandes Salguero, ( fã, admiradora e idealizadora de conteúdo para projetos virtuais ) ( @chicoanysiototal )