VOCÊ CONHECE CHICO ANYSIO ? - PARTE 9

04/08/2021

A partir de 1981, após vários romances, Chico Anysio se Firmou com Regina Chaves, ex-integrante do Grupo FRENÉTICAS. Curiosamente, Chico e Regina já haviam se cruzado, ainda que nada tivesse acontecido entre eles. Foi em 1978, quando Chico esteve como Convidado no Especial CAIA NA GANDAIA, exibido pela TV GLOBO. Na época, o Grupo, que fazia números Musicais e também onde as Integrantes atuavam como Garçonetes da boate Frenetic Dancing Days Discotheque, Casa de Shows de Nelson Motta, ESTOURARAM tanto nas Apresentações da Casa como na Música de Abertura da novela DANCIN' DAYS, de Gilberto Braga, permanecendo com o Sucesso no ano seguinte, emplacando outra Música, desta vez na Abertura da Novela FEIJÃO MARAVILHA ( Novela, que vale ressaltar, Chico Anysio participou no Último Capítulo, como SALOMÉ ).

Foi em 1982, um ano após se UNIR a Chico Anysio, que Regina resolveu abandonar o Grupo. Regina SE FECHOU daquele Sucesso de antes, se tornou ANÔNIMA e teve Cícero, quinto Filho da prole de Chico Anysio.

Foram raríssimas as Aparições do Casal em veículos de Mídia durante todos os anos em que estiveram Casados ( Oficialmente de 1982 a 1990 ), e a preservação era Igual em relação ao Filho.

Uma das RARAS Aparições de Regina Chaves Pós-Frenéticas, foi em Setembro de 1986, quando o Jornal O GLOBO trouxe uma Matéria com Regina, que naquele período estava começando a trabalhar ao lado do Marido em CHICO ANYSIO SHOW. Na Raríssima Reportagem em questão, a própria Regina conta o quanto evitava Trabalhar na Televisão : " Por Caretice, Eu não aceitava. Tinha mil Preconceitos, achava fácil demais e podiam dizer que Eu estava me Dando Bem por ser Mulher do ' Homem ' ".


Na época, Chico criou a Personagem MINA, Companheira de LINGOTE. Chico se Inspirou na própria Regina, que fazia Brincadeiras e Vozes na Intimidade do Lar e que Ele Apelidou intimamente de Shirley Latorraca.

Regina ficou Marcada nos Programas de Chico Anysio anos depois, no Papel da Secretária SINÉSIA, cujo Famoso Bordão : " SABE QUE EU NÃO SEI ! "

O TÍTULO da Reportagem, TENHO UM PACTO COM A ALEGRIA foi extraído de uma Frase de Regina, que Declarou : " Não é á toa que me Casei com um dos Maiores Humoristas do País. Sou uma grande TIETE do meu Marido, e não escondo Isso. " ( Veja ou Reveja a Reportagem Completa neste BLOG em >> https://www.memorial-chico-anysio.com.br/l/reportagem-da-semana-regina-chaves-e-chico-anysio-jornal-o-globo/ ).

Regina Chaves foi a grande Responsável por Chico Anysio ter Investido PROFISSIONALMENTE na Pintura de quadros.

Apesar de ter declarado algumas vezes que seu interesse pela pintura começou em 1981, já na década de 70 tinha a pintura de quadros como um de seus Hobbies. Em 1984 resolveu investir na Carreira de Pintor. " O que era apenas um hobby, aos poucos transformou-se em uma importante fonte de renda e relaxamento, ou, como gosto de definir 'um emprego para a velhice ' ", contou em seu antigo Site Oficial. " Eu sempre tive vontade de pintar e essa vontade aumentou cada vez mais. Eu apenas não tinha lugar e menos ainda, tempo. Morava em um apartamento com pouco espaço, mas depois me mudei para uma casa, onde pude fazer o meu Atelier. " Regina Chaves, sua Esposa na época, presenteou Chico com Tubos de Tintas, Pincéis e todo o Material necessário para a Montagem do Atelier. A partir daí, começou as Exposições de Chico e sua Profissionalização Efetiva.

Seu Mentor na Pintura foi o amigo e Artista Plástico Roberto de Souza, e chegaram a Expor quadros Juntos, como na Bahiarte em 1992, mesma época em que Chico concedeu entrevista á rádio Universidade : " Minha admiração na pintura vem do meu artista predileto, o Renoir, e aqui no Brasil, Juarez Machado, Romanelli e Sérgio Telles. No início, eu tive dois professores, Solano Finardi e Roberto Souza. Comecei em figurativo, passei para Casarios e depois para Marinhas. Os ensinamentos do professor Roberto de Souza foram maravilhosos, pois aprendi como afastar e aproximar uma montanha, a luz do quadro, fazer o meio tom. Tudo que eu sei de técnica, devo ao Roberto. Tive uma grande alegria na minha vida quando Silvio Pinto, indo a uma exposição minha, disse que eu já estava entre os dez melhores marinhistas do País. Um elogio, vindo de um mestre, que me agradou muito."

Em 1980, em Reportagem da extinta revista MANCHETE, declarou : " Quando vou pintar um quadro, não tem gente, nem barco, nem nuvens. Só o Mar. " Também explicou seu fascínio e medo do Mar : " Sempre nadei bem. Mas já escapei de morrer afogado umas quatro vezes. Por isso respeito o Mar. É coisa séria ! E esse respeito se transforma numa Referência quando faço pinturas : só sai Mar ! Sério. De uma forma até triste. "

Em 1987, o Jornal O GLOBO trouxe Reportagem sobre a Primeira Exposição Individual de Chico Anysio, na GALERIA BELAS ARTES - Barra- RJ, que reuniu 31 Quadros pintados pelo Mestre. Segundo a Matéria, Chico Anysio, na época, era " Pai " de 170 Personagens e o ÚNICO ARTISTA DO MUNDO a manter um Programa Semanal na Televisão durante 26 anos, que além dos 13 Livros e inúmeras Composições Musicais, havia passado a se dedicar profissionalmente á Pintura há Dois Anos ( desde 1985 ), tendo produzido 80 Quadros. Retratando Antigos Casarões de Ouro Preto, Olinda, Recife, Aracaju, Itaipava, Salvador e o bairro de Santa Teresa, Chico contou que sua Exposição era " Uma janela que desejava abrir na parede, oferecendo a oportunidade de, por ela, poder sonhar um pouco com o passado dos Velhos Casarões ". O Vernissage da Exposição aconteceu até o Dia 31 daquele Ano.

Chico Anysio e sua Exposição na GALERIA BELAS ARTES, novamente teve Destaque no Jornal O GLOBO. " Pinto a Saudade. Quem sabe, apenas a lembrança dos grandes Casários.. " Chico revelou que cada Quadro era um " Filho " a quem ensina tudo o que sabe, mas que depois parte para a batalha da Vida. Acreditava que " Nenhum deles será o primeiro da turma, mas também não será reprovado.. (.. ) ..Minha Pintura é uma Janela que desejo abrir para os Outros.. ". Na época, Chico estava de Férias da TV e pretendia Reformular totalmente o CHICO ANYSIO SHOW.

Cícero Chaves, fruto de seu Casamento com Regina Chaves, com apenas 10 anos de idade já pintava Quadros ao lado de Chico e chegou a Participar com o Pai de uma EXPOSIÇÃO realizada em 1993 na GALERIA DE ARTES DE IPANEMA - RJ. Praias e outras imagens do Litoral Nordestino foram Retratadas por Chico em suas Obras, que, durante o Evento, dividiram espaço com os Trabalhos do Filho.

O Grande Sonho de Chico Anysio era ter uma Filha. Desde o primeiro Casamento com Nancy Wanderley, seu desejo era uma Menina. Veio Lug. Ao se Casar com Rose Rondelli, as tentativas continuaram, mas depois da chegada de Ricardo, o segundo Menino do Casal e o Terceiro Filho de Chico, preferiu esquecer. Quando Alcione Mazzeo engravidou, a esperança Reascendeu. Se viesse Menina se chamaria Ana ( segundo Alcione declarou na época, a " Aninha " ). Aninha acabou vindo Bruno, o quarto Menino de sua Prole. Foi quando Chico, já Avô de uma Menina ( Filha de Duda Anízio ), acabou Desistindo. Quando a Imprensa divulgou a gravidez de Regina Chaves, em 1982, Chico Anysio foi Enfático : " Meu Filho vai ser Homem. " Cícero nasceu em Maio de 1983.

Chico Anysio e Regina Chaves totalizaram 9 Anos Juntos, 8 Deles Casados Oficialmente. Ao se Casar com Regina, com quem começou a se relacionar em 1981, passou a ter uma proximidade ainda mais AMPLA com os FILHOS, alguns deles já Crescidos. Alguns chegaram a Morar com o Pai durante temporadas. Regina, assim como as Esposas anteriores, eram AGREGADORAS e tinham Ótimo Relacionamento com os Enteados. Juntos, Chico e Regina tiveram Cícero em 1983. Em um dado momento, a Harmonia familiar foi dando espaço a Monotonia e Divergências entre o Casal. Regina decidiu colocar um Ponto Final no Casamento em 1990. Uma das principais Divergências era a ADOÇÃO de uma Menina. Regina propôs e Chico recusou. Aquela altura havia mesmo aberto mão do Sonho ( e das TENTATIVAS ) de ser PAI de uma MENINA, sempre alegando ter se acostumado com o " Universo dos Meninos. " Chico e Regina, Juntos, e já Pais Biológicos de Cícero, haviam ACOLHIDO o Humorista André Lucas como FILHO DO CORAÇÃO desde 1984. Ainda casado com Regina, Chico enfrentou uma de suas mais Difíceis FASES da Vida : quando sofreu um INFARTE, em Novembro de 1989.

Chico Anysio costumava dizer que o ÚNICO ARREPENDIMENTO que tinha na Vida era o CIGARRO. Fumante por mais de 45 Anos, quando resolveu parar acabou carregando as SEQUELAS. Além do ENFIMA Pulmonar, Chico sofreu um INFARTO em Novembro de 1989 e quase sofreu outros Dois, em 1991 e 1998.

Em sua Autobiografia de 1992, Chico relembrou o Ocorrido e relatou o IMPACTO e as MUDANÇAS que o INFARTE lhe trouxe.

" Joguei fora os Cinco Programas gravados ( ESTADOS ANYSIOS DE CHICO CITY ) e, numa Batalha inaudita, começamos o Trabalho de REGRAVAÇÃO de TUDO.. (.. ) ..Quase cheguei á Exaustão.. (.. ) ..Foi uma Barra muito pesada porque, além desse Esforço, havia SEIS ESCOLINHAS a serem gravadas semanalmente. Pensei que teria um Segundo Infarto, porque..

..Era um Domingo. A Televisão exibia FLUMINENSE e VASCO. Eu estava em Vitória, no Hotel do SENAC. Á Noite Eu tinha Show, num Teatro Lotado. Comecei, então, a sentir uma dorzinha no peito. O Povo chama aquela Dor de ' Ar Preso '. Mas a Dor aumentou. Eu já nem olhava a televisão, apesar de ser Louco por Futebol. Liguei para o Edson Sena, meu empresário :

- Arranja um Hospital que Eu preciso fazer um ELETRO. Está Doendo muito.

A Dor diminuía e aumentava. Quando chegamos ao hospital, por volta das seis e meia, ela praticamente tinha passado. Um Jovem médico me atendeu. Fez o ELETRO e determinou que Eu ficasse Internado. O Show teria que ser Cancelado.

- Mas não está doendo mais, o Teatro está Lotado, Eu estou bem.

Chegou um segundo médico, aparentando quarenta anos. Examinou-me e já admitiu que Eu poderia fazer o Show, desde que tomasse providências. Veio um terceiro médico, de seus 65 Anos ( parecia ser o Proprietário da Clínica de Cardiologia ) e propôs que Eu me submetesse a um Teste de Esforço.

- Se Ele passar no teste, pode fazer o Show, não tem problema.

Fui colocado numa bicicleta ergométrica e pedalei durante Dez Minutos, enquanto me faziam Eletros. No final, obtive a Permissão de fazer o Show. O médico de quarenta anos foi ao teatro Comigo e prometeu ficar ali até o Final.

De Volta ao Rio, marquei uma hora com o Dr. Mauro Marinho. Ele me atendeu ás cinco da tarde. Fez todos os exames e me pediu um Ecocardiograma, que fui fazer na Fonte da Saudade. Falavam de uma Inversão da onda ' T '. O médico do Ecocardiograma disse uma Frase que nunca vou Esquecer, enquanto olhava o ' ECO ' :

- Ah, o Cigarro...

Fui pra casa. No Dia Seguinte voltaria ao Consultório do Dr. Marinho com o ECO. Ás nove da Noite aquele ' Ar Preso ' voltou com Prisão Perpétua. Minha Mulher ( na época, Regina Chaves ) ligou para o Dr. Marinho e ele deu esta Ordem :

- Leva pro PRO-CARDÍACO. Vou mandar uma Ambulância : que Ele não faça qualquer Esforço. Não pode nem se Pentear.

Era o INFARTO. O Dia era 4 de Outubro. Dia de São Francisco de Assis ( Santo de Devoção de Chico Anysio ). Aquele INFARTO foi o Melhor Presente que Ele poderia me Dar, porque dali em diante minha Cabeça MUDOU, MUDOU TUDO na minha Vida. "

As Mudanças na Vida de Chico Anysio, decorrentes do Infarto, foi Assunto até para os PALCOS e também foi Retratado no mesmo Livro :

NADA MAIS ME ABORRECE. NÃO. HÁ DOIS ANOS EU TIVE UM INFARTO E DESSE INFARTO PRA CÁ MINHA VIDA MUDOU. NÃO ME ABORREÇO COM QUALQUER COISINHA. DEPOIS QUE A GENTE PÕE UM PÉ DO LADO DE LÁ, TUDO DO LADO DE CÁ DIMINUI DE IMPORTÂNCIA. APRENDI A CONVIVER COM A CHATICE. NÃO DESEJO A NINGUÉM O DESCONFORTO DE UM INFARTO DO MIOCÁRDIO MAS GOSTARIA MUITO QUE TODOS PASSASSEM A VER A VIDA COMO SE PASSA A VER DEPOIS DE UM. A GENTE TEM QUE MUDAR. EU MUDEI. ESTAMOS A NOVE PASSOS DE UM NOVO SÉCULO, JÁ PRATICAMENTE PISANDO NOUTRA REALIDADE E NÃO ADIANTA QUERER TAPAR A RELAIDADE COM A PENEIRA. A GENTE TEM QUE MUDAR. O MEDO DE MORRER QUE EU TINHA ACABOU. DAQUI A CINQUENTA OU SESSENTA ANOS, QUANDO EU SENTIR QUE ESTÁ CHEGANDO A MINHA HORA..

" Isto é um Trecho do Final do Meu Show DIÁLOGOS. Texto do Ghiaroni, um dos melhores Redatores que já conheci, além de Poeta maravilhoso e Amigo Fiel. Ele diz muito bem o que passei a Sentir, como a Vida se Modificou para Mim, depois do Infarto. Hoje já não me irrito com Críticas Injustas ou brincadeiras sem graça; já não sou tão EXIGENTE quanto era nem faço do PERFECCIONISMO uma EXIGÊNCIA ABSOLUTA. Nada disso vale a pena. A Vida é Linda demais e demasiadamente Curta para que a tornemos Insuportável. Trato a Todos com a mesma Atenção, sejam Amigos ou ' Maldizentes '. Pinto meus quadros pela Manhã, gravo meus programas á Tarde, faço meus Shows á Noite e Amo o quanto posso. Julgo ter ainda 25 ANOS DE VIDA ÚTIL. Dr. Roberto Marinho me prova que isto é possível, com a Lucidez com que dirige suas Empresas aos 86 Anos e por muitos outros as dirigirá.. (.. ) ..Estou vivendo uma Fase de Graça. Evito dar Entrevista, porque Nunca publicam exatamente aquilo que Eu digo, mas o que preferem. Tento fugir de aborrecimentos e caminho 5 km pela Manhã. Poderia ser mais Assíduo nas minhas Caminhadas mas agora tenho uma Esteira que o Boni me deu de Presente e que substitui o desprazer de andar sozinho aqueles 5 km. Coloco a Esteira em frente á TV e caminho vendo a Xuxa e seus Desenhos. É mais Agradável.. "


Kerley Fernandes Salguero, ( fã, admiradora e idealizadora de conteúdo para projetos virtuais ) ( @chicoanysiototal )